Contas do deputado federal eleito Nikolas Ferreira são suspensas em duas redes sociais - Eleições 2022
Eleições 2022
DECISÃO

Contas do deputado federal eleito Nikolas Ferreira são suspensas em duas redes sociais

Suspensões vieram depois que o deputado fez postagens contestando a apuração dos votos da eleição


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

As contas no Twitter e no Instagram do deputado federal eleito Nikolas Ferreira (PL-MG) foram suspensas, na sexta-feira (4), por determinação judicial. O deputado tinha feito diversas postagens nas duas redes sociais questionando a apuração dos votos nas eleições de domingo (30). Antes de ter as contas suspensas, Nikolas chegou a divulgar o alerta do Twitter de que seu perfil seria suspenso. 

Contas do deputado federal eleito Nikolas Ferreira são suspensas em duas redes sociais
divulgação
 
 
 

No último domingo (30), dia do segundo turno da eleição, Nikolas lamentou nas redes sociais pela a derrota do presidente Jair Bolsonaro (PL). "Eles saberão o que é oposição", disse ele em relação à vitória do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

"Os gritos de comemoração hoje se tornarão gritos de desespero amanhã, a esquerda vai plantar muita semente ruim, que cabe a nós não deixar florecer", afirmou Ferreira no Twitter. Ele disse ainda que Bolsonaro alcançou percentuais mais expressivos no Nordeste: "Em todos os estados que a gente passou pelo Nordeste o Bolsonaro cresceu, crescemos em Minas. O trabalho continua".

Quem é Nikolas Ferreira

Com 26 anos, Nikolas se elegeu deputado federal em 2 de outubro e entrou para a lista dos parlamentares com mais eleitores da história, com 1,47 milhão de votos. Puxado por Nikolas, o Partido Liberal conquistou a maior bancada mineira da Câmara dos Deputados, com 11 nomes. O PT ocupa o segundo lugar, com 10 deputados, seguido pelo Avante, com 5.

Antes disso, em 2020, Nikolas se elegeu vereador de Belo Horizonte (MG), quando conquistou 29.388 eleitores. Com o número, Nikolas ocupa o lugar de segundo político mais votado da Câmara de Vereadores da cidade, atrás apenas da recordista Duda Salabert (PDT), que somou 37.613 votos. Neste ano, a professora também conseguiu uma vaga no Congresso Nacional.

Formado em Direito pela PUC Minas (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais), Nikolas se descreve como “cristão, conservador e defensor da família” e se destacou durante a sua trajetória política ao se posicionar contra os princípios defendidos pela esquerda. Durante toda a campanha, recebeu o apoio de Jair Bolsonaro (PL), sendo o principal nome no estado para a Câmara dos Deputados do atual presidente da República.

Fonte: R7


Dê sua opinião:

Sobre a coluna

A10+

A10+

Tudo sobre as eleições 2022 no cenário nacional e local

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado