Carvão dá vida para obras em exposição no Mercado Velho - Arte e Cultura
EXPOSIÇÃO

Carvão dá vida para obras em exposição no Mercado Velho

A exibição é resultado de uma proposição ao uso do carvão como matéria-prima


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A Galeria do Mercado Velho recebe, a partir deste sábado (20), a 1° edição da exposição temporária “Laboratório de Materiais”. A exibição é resultado de uma proposição ao uso do carvão como matéria-prima. A exposição conta com obras conjuntas e individuais de quatro artistas: Bruna Oliveira, Cacau Almeida, João Marcos e Jordana Carvalho.

Bruna Oliveira, artista visual e mediadora cultural educativa da Galeria do Mercado Velho, explicou que a exposição é fruto de um processo de investigação com materiais que as pessoas não imaginam que podem se tornar uma obra artística.

 
Carvão dá vida para obras em exposição no Mercado Velho
Reprodução

“O primeiro material estudado, foi o carvão. Posteriormente, outros materiais serão explorados, aqueles que nem se imagina que podem virar arte através dos nossos estudos e pesquisas. Eu trouxe a instalação do carvão em saco de estopa como símbolo da nossa cultura. Também é uma representação de onde surgiu a ideia para o audiovisual, que expõe uma série de experimentos de como lidar com o carvão, em inúmeras formas”, destaca.

Guga Carvalho, curador do evento, descreve a exposição como abstrata e despretensiosa, pelo fato de inicialmente não ter a proposta de visualizar um objeto finalizado.

“O estado de espírito que se pretende estabelecer é uma investigação do artista à materialidade, sem se preocupar de imediato com o sentido que a obra possa ou não vir a tomar”, explica.

Sobre os Laboratórios de Criação, Guga Carvalho ressalta que essa modalidade é uma ferramenta de política cultural imprescindível para as artes visuais.

“Nessa primeira edição a proposta foi feita para os artistas-mediadores da própria galeria, mas nada impede que nos próximos laboratórios, outros artistas que se identificam com essa dinâmica de investigação sejam integrados”, finalizou.

A exposição estará aberta para visitação até o dia 02 de março, de terça a sexta-feira, das 8h às 14h e aos sábados, no horário das 9h às 13h30.

 
A exibição é resultado de uma proposição ao uso do carvão como matéria-prima
Reprodução

Fonte: PMT


Dê sua opinião:

Fique conectado