LIXO

Prefeitura de Teresina busca responsável por incendiar container de lixo em ato de vandalismo

O container foi trocado na semana passada por um novo e estava em perfeito estado de conservação


A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh) informou que os fiscais estão investigando a autoria do incêndio em dos containers de Pontos de Recolhimento de Resíduos (PRR) na Avenida boa esperança, na zona Norte de Teresina. O órgão trata o caso como ato de vandalismo. 

Ao A10+ a Semduh afirmou que populares atearam fogo no PRR número 54, mas ainda estão investigando a autoria. O container foi trocado na semana passada por um novo e estava em perfeito estado de conservação.

  
Prefeitura de Teresina busca responsável por incendiar container de lixo em ato de vandalismo
Reprodução
 
 
 

O coordenador de limpeza da Semduh, Fabrício Amaral, destacou também que junto com a CTA, empresa responsável pela limpeza urbana, estão tomando as medidas necessárias para que os infratores sejam penalizados por dano ao patrimônio público.

O responsável pelo ato de vandalismo pode pegar pena de detenção que varia de 1 ano a 6 meses ou multa. "Nossos fiscais estão investigando o que houve e o responsável será penalizado por descarte irregular e incineração indevida, além de dano ao patrimônio", alertou o coordenador.

Além disso, os gestores também alertaram para o mau uso dos container, que estão sendo usados para despejar materiais não permitidos. O secretário Edmilson disse que estão sendo descartados lixo doméstico, animais mortos e entre outros.

"Os containers de PRR são exclusivos para o descarte de podas de árvores, materiais de construção e reformas e móveis usados. Isso está bem explicado nas placas colocadas no local. Porém, infelizmente, também encontramos lixo doméstico, animais mortos e outros materiais irregulares. Além disso, apesar da caixa de PRR ser grande o suficiente para a demanda, as pessoas ainda colocam o lixo ao lado, ao invés de colocar dentro. É importante frisar que o descarte irregular de lixo gera multa que pode ir de R$ 400 a mais de R$ 4 mil", explicou o secretário da SEMDUH, Edmilson Ferreira.

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião: