Rafael Fonteles autoriza início das obras de centro especializado em autismo - Cidades
OBRAS

Rafael Fonteles autoriza início das obras de centro especializado em autismo

A unidade de saúde vai funcionar na antiga sede da Maternidade Evangelina Rosa, em Teresina


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

O governador Rafael Fonteles autorizou, nesta quinta-feira (8), no Palácio de Karnak, o início das obras do Centro Especializado de Atendimento às Pessoas com Transtorno do Espectro Autista do Piauí (Cetea-PI). A nova unidade de saúde vai funcionar na antiga sede da Maternidade Evangelina Rosa, após uma grande reforma.

O centro vai reunir em um complexo integrado, atendimento especializado a pessoas com transtorno do espectro autista e seus familiares. Os diagnósticos, tratamentos e terapias, independente de faixa etária, ficarão a cargo de uma equipe multidisciplinar, composta por neuropediatra, psiquiatra, psicólogo, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, musicoterapeuta e assistente social. A inauguração do Cetea deve acontecer até o início de 2025.

  
Rafael Fonteles autoriza início das obras de centro especializado em autismo
Reprodução
 
 
 

“É um momento especial para o estado do Piauí. Com o centro, vamos continuar dando visibilidade e efetivamente construindo soluções para descentralizar e tornar cada vez mais especializado o atendimento das pessoas com deficiência”, disse Rafael Fonteles.

A obra vai custar R$ 5 milhões, sendo R$ 2 milhões para a parte física e R$ 3 milhões para aquisição de equipamentos. Os recursos são oriundos de emenda parlamentar da ex-deputada federal Rejane Dias e do Governo do Estado do Piauí. A execução ficará a cargo das Secretarias para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid) e de Saúde (Sesapi).

O secretário para Inclusão da Pessoa com Deficiência, Mauro Eduardo, disse que o centro é importante porque vai atender não somente os pacientes, mas também as famílias. “Sabemos que as famílias, quando recebem o diagnóstico de um filho que tem transtorno do espectro autista, parece que o mundo desaba. Então é importante também a gente dar esse tratamento de qualidade a essas famílias para que elas possam estar preparadas para cuidar dos seus filhos”, afirmou o gestor.

O secretário de Saúde, Antônio Luís, reforçou que os serviços serão centralizados em um único lugar facilitando o atendimento. “As pessoas sabem que é doloroso não ter um centro especializado, porque os familiares ficam levando pessoas com TEA para locais diferentes e isso causa muitos transtornos”, frisou.

O ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, entusiasta de políticas públicas voltadas para pessoas com deficiências, comemorou a autorização da obra. “O Piauí é referência nacional nesse setor. Temos aqui próximo o Centro Especializado de Reabilitação (CEIR) e o Centro Integrado de Educação Especial (CIES), que integram a Rede Estadual de Reabilitação Danielle Dias. O Cetea vai aumentar mais ainda essa referência”, afirmou o ministro.

Fonte: Governo do Estado do Piauí


Dê sua opinião:

Fique conectado