Piauí Fomento contempla 33 empreendedores urbanos e rurais com mais de R$ 400 mil em recurso - Economia
RECURSOS

Piauí Fomento contempla 33 empreendedores urbanos e rurais com mais de R$ 400 mil em recurso

Dentre os setores contemplados, a bovinocultura leiteira se destaca como uma atividade estratégica para o desenvolvimento sustentável da região


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Em mais uma iniciativa voltada para fortalecer o desenvolvimento econômico e sustentável em municípios piauienses, a Agência de Fomento e Desenvolvimento do Piauí (Piauí Fomento) liberou mais de R$ 413 mil para 33 empreendedores urbanos e rurais nos municípios de São José do Divino, Esperantina e São João do Arraial.

O diretor-presidente da Agência, Feliphe Araújo, destacou a importância dessa medida para impulsionar a economia local. O gestor ressaltou o compromisso da Agência em apoiar iniciativas que ajudam no crescimento sustentável da região.

 

Piauí Fomento contempla 33 empreendedores urbanos e rurais com mais de R$ 400 mil em recurso
Divulgação


"Estamos investindo na força empreendedora desses municípios, acreditando no potencial dos empreendedores urbanos e rurais. Essa liberação de recursos visa não apenas a movimentar a economia local, mas também promover o desenvolvimento social, gerando oportunidades para a população", afirmou Feliphe Araújo.

Os recursos liberados beneficiarão diretamente 33 empreendedores, entre eles agricultores, comerciantes e produtores rurais. Dentre os setores contemplados, a bovinocultura leiteira se destaca como uma atividade estratégica para o desenvolvimento sustentável da região.

Elizangela Machado, produtora rural do município de São José do Divino, expressou sua satisfação com a notícia da liberação de recursos. Ela atua na bovinocultura leiteira e enxerga nesse investimento uma oportunidade de expansão e modernização de sua produção.

"Receber esse apoio financeiro da Piauí Fomento é fundamental para nós, produtores rurais. Com esses recursos, poderemos investir em melhorias na infraestrutura, adquirir melhores equipamentos e, assim, aumentar a eficiência da nossa produção de leite. Isso não só beneficia a nós, agricultores, mas também toda a comunidade, pois contribui para o desenvolvimento econômico local", destacou a produtora.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado