Em meio ao B-R-O bró, Oeiras e Teresina batem recorde e registram temperaturas acima dos 40ºC - Geral
CALOR

Em meio ao B-R-O bró, Oeiras e Teresina batem recorde e registram temperaturas acima dos 40ºC

Climatologista explica que o Piauí não vive uma onda de calor e que o alerta é para baixa umidade


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Nesta segunda-feira (25) o Instituto Nacional de Meteorologia registrou em Teresina a temperatura de 40,2°C, medição que superou o recorde registrado no dia 15 de setembro com a temperatura de 39,9°C. Um levantamento feito pela Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (Semarh-PI) mostrou que seis municípios do Piauí registraram suas maiores temperaturas no ano de 2023. Mesmo com as altas temperaturas, o climatologista Werton Costa explica que o Piauí não vive uma onda de calor e que o alerta é para a baixa umidade. 

"A onda de calor não entrou no Piauí. Quando se fala em onda de calor a gente tem que considerar que as pessoas estavam vivendo em uma temperatura normal, não agressiva, como no Rio Grande do Sul, no Paraná. Em Teresina o cidadão estava com 36ºC  e pulou para 40ºC. Não é uma onda de calor. O abafamento só existe por causa da baixa umidade, o que também é diferente de quando está seco. Quando está seco você nem consegue suar”, afirma o climatologista. 

  

Em meio ao B-R-O bró, Oeiras e Teresina batem recorde e registram temperaturas acima dos 40ºC Reprodução

   

No levantamento feito pela Semarh, alguns municípios chamaram atenção nesta segunda-feira (25) pelas altas temperaturas. O município de Oeiras apresentou temperatura máxima de 42,4ºC. O recorde anterior foi registrado no dia 29 de outubro de 2016 com os termômetros marcando 42,3ºC. Em Picos foi superada a máxima já registrada no mês de setembro de 41,6ºC. A última temperatura máxima extrema registrada para o município foi de 41,1ºC no dia 24 de setembro de 2013. Já no município de Floriano a máxima de 41,5ºC no dia 15 de setembro de 2023 ainda não superou sua máxima histórica para este mês que foi de 42ºC ocorrida no dia 25 de setembro de 2011. 

Piripiri marcou máxima de 41,6ºC nesta segunda-feira (25) superando sua máxima histórica de setembro que foi de 40,9ºC coletada no dia 23 de setembro de 2020. Outros municípios pontuaram temperaturas máximas extremas na segunda-feira (25) como Castelo do Piauí 41,2ºC e Teresina 40,2ºC apresentando-se assim as maiores temperaturas registradas no ano de 2023 para os referidos municípios.

"Diversos fatores influenciam para as máximas extremas observadas nos últimos dias no estado do Piauí como o El Niño (e sua influência sobre os sistemas atmosféricos), o período crítico do “B-R-O-BRÓ” (última quinzena de setembro e primeira quinzena de outubro) e a mudança de estação (Inverno para a Primavera)", afirma a Semarh em boletim. 

Nesta terça-feira (26) alguns locais do estado amanheceram com céu nublado. Mesmo assim, a previsão para este período não é de chuvas, mas que eventos isolados podem acontecer: “Manter no calor. Vamos estar oscilando entre 36, 38 e 40 graus, parcialmente nublado, mas a maior parte do tempo será ensolarado. Porém a previsão não consegue captar episódios isolados”, encerra o climatologista. 

  

Histórico de maiores temperaturas no Piauí no mês de setembro
reprodução

   

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado