Teresina registra redução no número de mortes e acidentes no 1º bimestre de 2023 - Geral
RELATÓRIO

Teresina registra redução no número de mortes e acidentes no 1º bimestre de 2023

Os dados foram divulgados pela Secretaria de Segurança nesta quarta-feira (15)


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI) divulgou nesta quarta-feira (15) um relatório provisório de ocorrências de trânsito em Teresina e constatou uma redução no número de acidentes, lesões e mortes nas ruas da capital. 

De acordo com a SSP-PI, nos primeiros dois meses deste ano foram registrados 117 ocorrências de lesão culposa corporal contra 286 no mesmo período do ano passado. O número de homicídios também caiu: no primeiro bimestre de 2022 foram registras 7 ocorrências e em 2023, no mesmo período, foram contabilizados 5 casos.

  
Teresina registra redução no número de mortes e acidentes no 1º bimestre de 2023 TV Antena 10
 
 
 

A SSP-PI informou ainda que outro indicador que chama atenção é o número de lesões no trânsito: em janeiro e fevereiro de 2022 aconteceram 469 casos. No primeiro bimestre de 2023 esse número reduziu para 220.  Os números em relação a lesão corporal acidental, também nos primeiros bimestres de 2022 e 20233, caíram de 183 para 103.

As blitzen são realizadas diariamente pelas forças de segurança do Piauí e têm trazido resultados positivos para Teresina. Além de contribuir para redução do número dessas ocorrências, as blitzen também foram responsáveis por tirar de circulação os infratores, as drogas, armas e veículos roubados ou furtados.

“Essa redução resulta das blitzen realizadas diariamente. À medida que tiramos pessoas alcoolizadas do trânsito, reduzimos o número de acidentes e de óbitos ocasionadas por acidentes no trânsito”, disse o gerente de Operações de Trânsito da SSP-PI, Fernando Aragão.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado