Equipes de resgate que buscam submarino desaparecido detectam ruídos debaixo d'água - Mundo
RESGATE

Equipes de resgate que buscam submarino desaparecido detectam ruídos debaixo d'água

Segundo autoridades dos EUA, ainda não é possível confirmar se os ruídos são do submersível Titan


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Equipes de resgate que procuram o submarino desaparecido com cinco pessoas a bordo perto dos destroços do Titanic detectaram "ruídos subaquáticos" na área do desaparecimento, disse a Guarda Costeira dos EUA na quarta-feira (21), em meio a temores de que a embarcação possa ficar sem oxigênio.

A comunicação com o submersível Titan, de 6,5 metros de comprimento, foi perdida no domingo, quase duas horas depois de iniciar sua descida em direção aos vestígios do mítico transatlântico, que fica a quase 4.000 metros de profundidade, a cerca de 600 quilômetros de Newfoundland, no norte atlântico.

  

Equipes de resgate que buscam submarino desaparecido detectam ruídos debaixo d Reprodução

   

"A aeronave P-3 canadense detectou ruídos subaquáticos na área de busca. Como resultado, as operações de ROV (Veículo Operado Remotamente) foram realocadas na tentativa de explorar a origem dos ruídos", disse no Twitter o primeiro distrito dos Estados Unidos Guarda Costeira dos Estados.

As buscas pelo ROV "retornaram resultados negativos, mas continuam", acrescentou a divisão marítima militar.

De acordo com a revista Rolling Stone, um avião canadense P-8 envolvido na busca ouviu "estrondos na área a cada 30 minutos. Quatro horas depois, um sonar adicional foi implantado e os estrondos ainda estavam sendo ouvidos".

Além desses acertos, "foram ouvidos sinais acústicos adicionais que ajudarão a direcionar os recursos de superfície, mantendo a esperança de encontrar sobreviventes", informou a CNN, citando um documento interno do governo dos EUA.

O anúncio da detecção de ruídos foi o sinal mais animador de que os cinco ocupantes do submarino. No Titan estavam o milionário britânico Hamish Harding, presidente da Action Aviation, o paquistanês Shahzada Dawood, vice-presidente da Engro, e seu filho Suleman, o mergulhador francês Paul-Henri Nargeolet e Stockton Rush, CEO da OceanGate Expeditions.

Navios e aviões estão indo para o local para reforçar a vasta operação de busca implantada pelas guardas costeiras dos EUA e do Canadá na área.

O Pentágono anunciou o envio de uma terceira aeronave C130 e três C-17, enquanto um robô subaquático enviado pelo Instituto Oceanográfico Francês se juntará às buscas nesta quarta-feira.

Fonte: R7


Dê sua opinião:

Fique conectado