Casal suspeito de furtar celulares no Piauí é preso pela polícia no estado do Ceará - Polícia
OCORRÊNCIA

Casal suspeito de furtar celulares no Piauí é preso pela polícia no estado do Ceará

Indivíduos fazem parte de uma quadrilha interestadual que atua em grandes eventos


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A Secretaria de Segurança Pública, através da Superintendência de Operações Integradas (SOI), em trabalho conjunto com o Núcleo de Inteligência da Polícia Civil, seccional de Parnaíba, prendeu em flagrante um homem e uma mulher que estavam em posse de vários aparelhos celulares com restrição de roubo e furto. As prisões aconteceram dentro de um ônibus no município de Umirim no estado do Ceará, nessa terça-feira (06).

O gerente de Operações e Investigações Criminais da SSP, Igor Alves, afirmou que o casal faz parte de uma quadrilha interestadual que atua em grandes eventos no Estado do Piauí e Ceará.


  
Casal suspeito de furtar celulares no Piauí é preso pela polícia no estado do Ceará
Divulgação
 
 

“Os presos são oriundos do Estado do Pará e no último fim de semana estiveram em uma grande festa carnavalesca realizada em Teresina, onde furtaram vários celulares. Após a prática criminosa eles se deslocaram para o Ceará onde iria acontecer outro grande evento. Essa quadrilha havia realizado vários furtos em Parnaíba, por isso nossas equipes já estava fazendo o trabalho de monitoramento dos mesmos. Na data de hoje, nos deslocamos para Umirim e conseguimos realizar as prisões”, explicou Igor Alves.

A mulher estava com alguns celulares que haviam sido furtados em Teresina e outros em Umirim. O casal estava seguindo para Fortaleza e posteriormente iriam para Belém, capital do Estado do Pará.

Igor Alves ainda destacou que a Superintendência de Operações Integradas (SOI) desenvolve um trabalho de recuperação de aparelhos celulares provenientes de furtos e roubos, realiza a restituição a seus proprietários e também presta apoio policial em grandes eventos, através da Gerência de Operações e Investigações Criminais (GOIC).

A ação contou com o apoio da Divisão de Repressão e Combate ao tráfico de drogas da Polícia Civil do PI, da CORE e DRF da Polícia Civil do CE e do 11º Batalhão de Polícia Militar do CE.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado