Delegada dá detalhes sobre prisão de suspeito de matar ex com 17 golpes de faca em Teresina - Polícia
POLÍCIA

Delegada dá detalhes sobre prisão de suspeito de matar ex com 17 golpes de faca em Teresina

Segundo a polícia, a vítima era ameaçada tanto pessoalmente como através de mensagens e ligações


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A delegada Nathalia Figueiredo, do Núcleo de Feminicídio do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), deu mais detalhes sobre o assassinato de Josilane da Silva Moreira, de 37 anos, e a prisão do principal suspeito do crime, seu ex-companheiro Francisco Jefferson Mendes Vilante durante entrevista à imprensa nesta terça-feira (02). Segundo a delegada, Josilane foi morta após ser atingida por 17 facadas.

A vítima foi morta no domingo (30), quando foi supreendida pelo ex-companheiro adentrando sua residência. Ela estava acompanhada to atual namorado, que também foi ferido. Segundo a delegada, ficou clara a intenção de Francisco assassinar as vítimas visto a brutalidade do crime.

  

Suspeito de assassinar ex-companheira com várias facadas é preso pela polícia em Teresina Reprodução

   

“Houve muita crueldade, isso a gente observa muito nos crimes de feminicídio. As facadas foram indeferidas a região do colo da vítima, então a gente vê a extrema violência que ele fez uso e também foi extremamente violento contra a outra vítima que graças a Deus não veio a óbito, mas a Josilane infelizmente não teve a sorte de sobreviver”, explicou a delegada. 

Francisco foi preso nesta terça-feira (02), após se apresentar na delegacia. De acordo com a delegada, já havia um mandado de prisão em aberto contra o suspeito. Durante interrogatório o suspeito confessou o crime e afirmou estar descontrolado; segundo a delegada, ele não se conformava com o fim do relacionamento.

“Ele se apresentou na companhia da advogada, mas nós já tínhamos o mandado de prisão preventiva. Então tão logo fizemos o interrogatório, demos cumprimento ao mandato. Ele confessou o fato, ele realmente disse que adentrou na casa da vítima, que desferiu as facadas contra a Josilane e também contra o namorado dela. Ele relatou que estava um pouco descontrolado; era uma pessoa que não se conformava com o fim do relacionamento, isso é algo que a gente já vem observando em muitos relacionamentos abusivos”, disse. 

A delegada ainda relatou que a vítima já havia sofrido diversas ameaças, mas que não havia comunicado a polícia sobre os ocorridos. Francisco ameaçava Josilane tanto pessoalmente como através de mensagens e ligações.

“Não havia medida protetiva, muito embora já estivesse ocorrendo perseguições pois ele não se conformava com o fim do relacionamento. A vítima não fez qualquer registro de ocorrência ou pediu medida protetiva. Fizemos a oitava de testemunhas e de familiares que relataram que ele ameaçava, que perseguia”, pontuou. 

Entenda o caso

Josilane da Silva Moreira, de 37 anos, foi morta a facadas na manhã deste domingo (30), no bairro Leonel Brizola, região da Santa Maria da Codipi, zona Norte de Teresina. A vítima estava em casa com o atual companheiro, quando foi surpreendida e esfaqueada pelo ex-namorado. O atual companheiro dela também foi atingido e levado para o hospital. Josilane não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

APÓS DESISTÊNCIA DE JOE BIDEN, VOCÊ ACREDITA QUE KAMALA TEM CHANCES DE DERROTAR TRUMP NOS EUA

ver resultado