Homem que tocava o terror com vários furtos em casas e comércios é preso no Piauí - Polícia
CRIME

Homem que tocava o terror com vários furtos em casas e comércios é preso no Piauí

Segundo a polícia, criminoso realizou pelo menos sete furtos em apenas uma semana na região


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Um homem identificado apenas como E.S.S, de 38 anos, foi preso suspeito de realizar diversos furtos em residências e estabelecimentos comerciais em Picos, interior do Piauí, na quarta-feira (15). O homem chegou a ser baleado em uma das tentativas de assalto. 

À TV Antena 10, o delegado Rodrigo Morais informou que o indivíduo praticou cerca de 7 crimes em um espaço de sete dias. Em um dos bairros alvo dos furtos, ele ficou conhecido como “terror do bairro Ipueiras”. 

 

Suspeito de realizar diversos furtos em casas e comércios é preso no PI Reprodução
 

“No decorrer do mês de abril, entre os dias mais especificamente 27 de abril e 4 de maio, o nacional de iniciais ESS, 38 anos de idade, praticou 7 furtos, mediante escalada arrombamentos, sendo 6 dele no bairro Ipueiras e um no bairro Parque de Exposição. Ele até ficou conhecido como terror no bairro Ipueiras”, disse. 

Ainda de acordo com o delegado, o indivíduo invadia casas e comércio para roubar TV’s, motocicletas, comida, sons, tênis e, posteriormente, vendia os objetos por um preço mais baixo. O homem já possui passagens pela polícia por arrombamentos e crimes contra a dignidade sexual. 

“Ele arrombava as portas, os portões, pulava os muros, escalava telhado, sempre rompendo um obstáculo que protegia a rede furtiva. E aí, de posse dos objetos subtraídos, ele colocava num galpão próximo a um posto de combustível e lá comercializava, vendia os produtos por preços abaixo do valor do mercado”, relatou. 

E.S.S foi encaminhado para a delegacia e deve responder furto qualificado.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado