Mulher é presa em flagrante no Piauí usando identidade falsa para tirar veículo de pátio do Detran - Polícia
POLÍCIA

Mulher é presa em flagrante no Piauí usando identidade falsa para tirar veículo de pátio do Detran

Suspeita confessou o crime e contou que recebeu R$ 200 para pegar o veículo e entregar para um homem


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Uma mulher, que não teve seu nome revelado, foi presa em flagrante nesta sexta-feira (12), após tentar tirar um veículo retido no pátio do Detran-PI utilizando um documento falso. Segundo a major Luciana, da Polícia Militar do Piauí (PM-PI), a suspeita foi buscar uma motocicleta.

De acordo com a major, a mulher foi ao local com uma carteira de identidade falsa, mas que tinha os dados da proprietária verdadeira do veículo; ela alterou apenas a fotografia e idade, colocando os dados dela mesma.

  

Sede do Detran-PI
TV Antena 10

  

“Lá no Detran chegou essa mulher usando uma carteira de indenidade falsa. Usando a identidade falsa no nome da proprietária do veículo, uma motocicleta. A moto havia sido recolhida e essa pessoa chegou la para retirar o veículo, só que o pessoal do Detran desconfiou que a carteira era falsa e levou ela para uma sala e me acionaram”, explicou a major.

Segundo a policial, a suspeita confessou o crime e contou que teria recebido R$ 200 para buscar o veículo no local. Ela ia levar a motocicleta até um homem, que foi identificado. A polícia foi ao local de encontro que eles haviam marcado, mas ele não foi encontrado.

“Quando me passaram os dados eu vi que a da foto da carteira não era a mesma da carteira original. A pessoa da carteira original era mais velha e não era a mesma da foto. Ela usou todos os dados da carteira verdadeira, menos a foto e a idade. A sorte que a dona da carteira original já havia feito essa nova, que não é possível falsificar. Ela foi pega e confessou que foi pago R$ 200 pra ela fazer isso. A pessoa que pegou ela é um despachante, a PM foi atrás dele no local que ela tinha combinado com ele, mas ele ja tinha fugido. Foram na casa dele, mas ele também não estava lá”, contou ao A10+.

A suspeita foi presa em flagrante e encaminhada para a Central de Flagrantes de Teresina, onde os procedimentos cabíveis devem ser adotados. A major contou ainda que a suspeita não possuía passagens pela polícia.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado