No Piauí, PRF apreende 1,4 tonelada de camarões transportados em caixas de papelão - Polícia
SEM DOCUMENTAÇÃO

No Piauí, PRF apreende 1,4 tonelada de camarões transportados em caixas de papelão

A carga era transportada em caixas de papelões no compartimento de bagagens de um ônibus


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu uma carga de 1.400 tonelada de camarões transportados sem a documentação sanitária exigida, em Campo Maior, Norte do Piauí, na terça-feira (28). A abordagem aconteceu a um ônibus que vinha de Parnaíba e que tinha como destino final Brasília (DF). O condutor do veículo afirmou que a carga, que estava dentro de caixas de papelão no compartimento de bagagens, pertencia a uma mulher de 56 anos. 

  

Camarões estavam sendo comercializadas em caixas de papelão
divulgação / PRF

   

Ela confirmou ser a responsável pelos camarões e que levaria a mercadoria para ser comercializada na capital federal. Ao ser indagada sobre a documentação para o transporte de animais, conforme legislação sanitária, a passageira informou não possuir.

Em virtude da falta de documentação necessária e da forma inadequada em que os camarões estavam sendo transportados, foi acionada uma equipe da ADAPI - Agência de Defesa Agropecuária do estado do Piauí, que solicitou a apreensão dos crustáceos com base na infração de "Transitar desacompanhada de documentação zoosanitária", conforme Decreto estadual Nº 12.680/07 Artigo 48, Inciso 1º e artigo 51 que regulamenta a legislação de defesa sanitária animal do estado do Piauí.

A carga de camarões e o ônibus foram encaminhados a uma equipe da ADAPI, no Posto Fiscal na cidade de Teresina por uma equipe da Secretaria da Fazenda, para os procedimentos legais.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado