Moraes manda soltar ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres - Política
BRASIL

Moraes manda soltar ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres

Decisão desta quinta-feira prevê que ele use tornozeleira eletrônica e fique afastado do cargo de delegado da Polícia Federal


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liberdade provisória ao ex-ministro da Justiça e Segurança Pública e ex-secretário de Segurança Pública do Distrito Federal Anderson Torres. Moraes determinou que ele use tornozeleira eletrônica, tenha o porte de arma de fogo suspenso, não deixe o país, não use redes sociais e não mantenha contato com outros investigados no inquérito sobre o 8 de Janeiro. Ele também deve permanecer afastado do cargo de delegado da Polícia Federal.

Entre as obrigações impostas a Torres, está a de comparecer todas as segundas-feiras à Vara de Execuções Penais do DF e de ficar em casa à noite e nos finais de semana, além da proibição de deixar a capital federal.

O ex-ministro foi preso assim que desembarcou no Aeroporto de Brasília vindo dos Estados Unidos, onde estava de férias com a família. A suspeita é que ele tenha se omitido em relação aos atos extremistas de 8 de janeiro em Brasília, quando vândalos invadiram e depredaram as sedes dos Três Poderes.

  

Ex-ministro da Justiça ex-secretário de Segurança Pública do DF, Anderson Torres Tom Costa / MJSP

  

Fonte: R7


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado