Agente da PF que participou de programa de TV é suspeito de integrar esquema de contrabando de ouro - Brasil
AEROPORTO- ÁREA RESTRITA

Agente da PF que participou de programa de TV é suspeito de integrar esquema de contrabando de ouro

Neri e outro agente foram afastados de suas funções e estão usando tornozeleira eletrônica


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

O agente da Polícia Federal Giampiero Nieri Rocha, de 48 anos, que participou da primeira temporada da série Aeroporto Área Restrita, foi alvo da Operacao Ládron por suspeita de fazer parte de um grupo que fazia transporte ilegal de ouro para o exterior a partir de voos internacionais.

Além dele, outro policial identificado como Ernesto Kenji Igarashi, de 51 anos, também foi alvo da Operação. Os dois estão afastados de suas funções e usando tornozeleira eletrônica. 

  

Agente da PF que participou de programa de TV é preso suspeito de integrar esquema de contrabando de outro
Reprodução / Discovery

   

A polícia Federal também suspendeu funcionários do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, que conheciam a dupla. O esquema de transporte ilegal de outro operou entre os anos de 2018 e 2022. Mandados de prisão foram cumpridos em São Paulo, Bragança Paulista (SP), Irupi (ES), Fortaleza e Brasília. 

Segundo informaçōes os agentes recebiam o ouro e o repassavam para a área restrita do aeroporto, onde entregavam o material para “mulas” pessoas responsáveis por transportar o metal precioso. O ouro tinha como origem garimpos clandestinos.

Aeroporto - Área Restrita

Agente da PF, Neri ficou conhecido por fazer parte do elenco da série documental "Aeroporto- área restrita" que acompanha a rotina dos agentes responsáveis por identificar práticas ilegais, como transporte de drogas, contrabando e a entrada de produtos ilegais no país no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado