CRIME

Homem que matou família deixou carta confessando o crime antes de tirar a própria vida

Corpos foram achados em uma fazenda na manhã de segunda-feira (16)


A Polícia Civil de Goiás informou que o homem que matou a esposa, os três enteados e depois tirou a própria vida deixou uma carta dizendo que o crime aconteceu devido a discussões com a vítima. No bilhete, Fábio José Mafra de Oliveira, de 43 anos, contou onde estariam os corpos da família, na fazenda deles, em Aporé, sudoeste do estado, na segunda-feira (16)

Segundo a polícia, o homem matou Priscila Oliveira Franco Mafra, de 37 anos, e os três filhos dela, identificados como Danilo Junior, Savana Daniele e Guilherme. A família estava na fazenda passando férias.

  

Homem que matou família deixou carta confessando o crime antes de tirar a própria vida
Reprodução
   

A polícia informou que um amigo do suspeito foi quem encontrou os corpos. Ele foi à fazenda da família após o homem pedir para que ele fosse ao local fazer um serviço. A investigação apontou que a carta estava próxima ao corpo de Fábio. No texto, o homem declarou que estava em depressão e perdeu a cabeça após brigas com a esposa.

As vítimas foram veladas no ginásio de esportes de Serranópolis. A Polícia Científica foi ao local e fez uma perícia na fazenda. O caso será investigado. Na região, moradores e familiares lamentaram o caso.

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque