Prefeito de Araucária deixa partido após repercussão de casamento com adolescente de 16 anos - Brasil
POLÊMICA

Prefeito de Araucária deixa partido após repercussão de casamento com adolescente de 16 anos

Após polêmica, Hissam Hussein exonerou sogra e tia da esposa de cargos na prefeitura


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

(Atualizada às 10h10)

O prefeito de Araucária (PR), Hissam Hussein Dehaini, 65 anos, anunciou sua saída do Cidadania, nesta terça-feira (25). A divulgação da saída foi feita um dia após a repercussão do casamento com uma adolescente de 16 anos, e a nomeação da sogra para a Secretaria de Cultura e Turismo.

Em nota, Hissam agradeceu os até agora ex-correligionários. “Agradeço a convivência que sempre tive na legenda desde 2009, sendo meu único partido de filiação”, descreveu. Desde a divulgação do caso, a legenda vinha sendo cobrada nas redes sociais para uma posição sobre Hissam. O casamento ocorreu no último dia 12, e o registro consta no Jornal Oficial dos Cartórios de Registro Civil.

  

Prefeito de Araucária deixa partido após repercussão de casamento com adolescente de 16 anos
Reprodução

   

Após a polêmica, Hissam Hussein decidiu exonerar a sogra Marilene Rode e a tia de sua esposa, Elisangela Rode, dos cargos que ocupavam na prefeitura da cidade. A decisão foi publicada nesta quarta-feira (26), no Diário Oficial do município.

A mãe da jovem foi nomeada para o cargo de secretária de Cultura e Turismo um dia depois do casamento entre Hissam, de 65 anos, e sua filha, de 16.

A garota é miss em vários concursos no Paraná. Apesar da diferença abissal de idade, de a jovem ser menor e ainda frequentar o ensino médio, o casamento é legal. A legislação permite casamento de adolescentes entre 16 e 18 anos, desde que com autorização dos pais ou responsáveis legais. 


Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado