Campanha de vacinação contra Influenza e Sarampo é prorrogada até 24 de junho - Cidades
VACINAÇÃO

Campanha de vacinação contra Influenza e Sarampo é prorrogada até 24 de junho

Segundo a Sesapi, o público alvo ainda não foi atingido


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A campanha de vacinação contra influenza e sarampo, que encerraria nesta sexta-feira (3), foi prorrogada até o dia 24 de junho, em todo o Estado. A decisão do Ministério da Saúde, deve-se a baixa procura nos estados, e seus respectivos municípios encontram-se abaixo das metas estabelecidas para ambas as campanhas, que seria de 90% do público-alvo. 

  

Campanha de vacinação contra Influenza e Sarampo é prorrogada até 24 de junho Reprodução
   

“Nós pedimos aos gestores municipais que façam uma busca ativa de não vacinados visando melhorar o desempenho da vacinação cem todos os grupos prioritários, na perspectiva de alcançar a meta mínima de 90% de cobertura vacinal, de forma homogênea, para reduzir as complicações e óbitos nesses grupos”, lembra Néris Júnior. 

A campanha contra a Influenza, que foi prorrogada até 24 de junho, é destinada aos seguintes públicos: crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias); gestantes e puérperas; povos indígenas; professores; pessoas com comorbidades; pessoas com deficiência permanente; forças de segurança e salvamento e Forças Armadas; caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

Já a campanha contra o Sarampo é direcionada para crianças de seis meses a menos de cinco anos (todas devem tomar a vacina durante a campanha) e profissionais de saúde (precisam atualizar a situação vacinal, ou seja, devem estar imunizados com duas doses da vacina tríplice viral). 

“É essencial que a população contemplada busque os pontos de vacinação e que os pais levem seus filhos. A vacina é a forma mais eficaz para evitar casos graves e por isso é tão importante ampliar a cobertura vacinal. No caso específico do sarampo, o objetivo da campanha é evitar a reintrodução dessa doença no país”, lembra o secretário.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado