Mãe que dançou funk na festa da filha faz desabafo após ataques: “Estou apavorada e depressiva” - Entretenimento
BRASIL

Mãe que dançou funk na festa da filha faz desabafo após ataques: “Estou apavorada e depressiva”

Brenna Azevedo viralizou na web após fazer coreografia de 'Movimento da Sanfoninha', de Anitta, no aniversário infantil


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Uma mãe se disse assustada com a repercussão de um vídeo em que aparece dançando funk no aniversário da filha pequena. Brenna Azevedo viralizou após fazer a coreografia de Movimento da Sanfoninha, de Anitta, e receber uma enxurrada de críticas na web. 

O vídeo de Brenna na festa infantil, que aconteceu em Belford Roxo, no Rio de Janeiro, se espalhou pelo TikTok, Instagram e Twitter rapidamente, com muitos internautas atacando a mãe e dizendo que a dança e o look dela eram inapropriados para o evento.

  

Brenna Azevedo fez vídeo para se explicar após viralizar na web Reprodução

   

Compartilhado em uma famosa página do Twitter, o vídeo foi visto quase 20 milhões de vezes.

Depois de toda a repercussão, Brenna decidiu fazer um desabafo em seu perfil do Instagram: "Eu vim aqui para esclarecer tudo o que aconteceu, porque as pessoas estão indignadas com o que aconteceu na festa da minha filha. Eu estava dançando, com uma roupa transparente, as pessoas estão me atacando, me chamando de piranha, de v********, falando que vão me botar no Conselho Tutelar. Eu não vejo nada demais nisso. Eu vejo famosos expondo peitos nas redes sociais, vejo tantas coisas piores, gente usando droga, e vocês estão me atacando". 

Em um vídeo, ela disse que era um sonho fazer uma festa como aquela para a filha: "Eu queria só entender como que as pessoas fazem mal para as outras em redes sociais, as pessoas me chamando de coisas horrorosas. Eu realizei um sonho, minha filha ficou superfeliz, todos os convidados que estavam na festa gostaram, todo mundo achou muito legal o que eu fiz". 

Brenna explicou que estava alcoolizada no momento, mas por felicidade pela realização: "Eu e minha família, ninguém nunca iria imaginar. Eu estava num momento de felicidade, eu estava eufórica. Estava bêbada? Estava, sim. Bebi, bebi bastante porque eu estava feliz, radiante. Eu resolvi fazer essa festa em dois meses, vou explicar para vocês, foi tudo com muito sacrifício, sufoco, carinho, e as pessoas não compreendem isso, você está entendendo?".

Ela ainda comentou algumas mensagens extremas que recebeu: "Então as pessoas ficam ali me abominando, eu vi cada comentário, absurdos, falando 'executa ela'. Me executar? Vocês têm que executar os estupradores, entendeu? Vocês têm que executar as pessoas que maltratam idosos e não é a mim. A filha é minha, o dinheiro é meu, o corpo é meu, e eu faço da minha vida o que eu quiser".

Brenna revelou que está com medo depois do ocorrido: "Eu estou apavorada, depressiva com tudo isso que está acontecendo. Eu não queria levar minha filha para a escola, com medo das pessoas falarem o que estão falando na rua lá na escola. Eu estou muito feliz pelas mensagens que as pessoas estão me mandando querendo me confortar".

Ela disse que repetiria o evento: "Se eu pudesse fazer uma festa hoje, se eu falar para vocês que eu não faria de novo, eu estou mentindo, eu faria tudo de novo, entendeu? Gente, vamos viver, vamos ser felizes, vamos fazer o que vocês querem fazer da vida".

Fonte: R7


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado