Após uma semana, morre filho de mulher que foi assassinada por ex-companheiro no Piauí - Geral
CASO OCORREU EM ALTOS

Após uma semana, morre filho de mulher que foi assassinada por ex-companheiro no Piauí

A vítima sofreu queimaduras graves, foi encaminhada para o hospital, mas não resistiu


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

(Atualizada às 17h54)

O adolescente Flávio Henrique de Andrade Pereira, de 13 anos, filho de Helioene de Andrade, morta pelo ex-companheiro no dia 03 de maio deste ano em Altos, não resistiu aos ferimentos e morreu nesta sexta-feira (10) no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). A informação foi confirmada ao A10+ pela unidade de saúde. O jovem sofreu graves queimaduras após o suspeito do crime, Marcos Fortes de Sousa, ter matado sua mãe e ter ateado fogo na residência.

O A10+ apurou que Marcos Fortes não aceitava o fim do relacionamento com a vítima. A reportagem levantou também que ele invadiu a residência onde Helioene morava, desferiu vários golpes de faca nela e ateou fogo no local. Depois disso, ele teria se jogado na frente de um veículo e, em seguida, tentou tirar a própria vida.

  

Adolescente estava internado há uma semana em hospital, mas não resistiu Reprodução

   

Além do adolescente, outros familiares ficaram feridos, como a mãe de Helioene, Maria do Desterro Mota Pinheiro, 84 anos, a irmã, Joana de Andrade Pinheiro, 57 anos. O criminoso também segue internado em estado grave e em uma UTI do hospital.

No domingo (05), o Juiz Kelson Carvalho Lopes da Silva decretou a prisão preventiva dele por existir provas suficientes da autoria do crime e, em razão, do suspeito ser um perigo para a sociedade devido a crueldade do crime. 

As investigações do assassinato e da tentativa envolvendo outras pessoas que estavam na casa quando ela foi incendiada estão sendo apuradas pela Polícia Civil do Piauí.

O caso

Marcos Pipoca matou a ex-mulher Helioene Andrade a facada na noite de sexta-feira (03), em Altos, no Piauí.  De acordo com polícia, após o crime, o suspeito ainda incendiou a residência em que a vítima morava e tentou tirar a própria vida com uma faca se jogando na frente de um veículo. 

Horas depois do caso, o suspeito foi encaminhado para um hospital em Teresina em estado grave. Foi necessário um apoio de uma viatura policial na porta do hospital de Altos já que os populares na região estavam revoltados com o caso.

 

Segundo moradores, suspeito não aceitava o fim do relacionamento com a ex-esposa
Reprodução

   

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado