Família pede ajuda para encontrar homem que sumiu após frequentar boate em Teresina - Geral
DESAPARECIDO

Família pede ajuda para encontrar homem que sumiu após frequentar boate em Teresina

Familiares temem algo grave já que, segundo eles, o homem recebia ameaças de agiotas


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Um morador do Centro de Teresina, identificado como José Maria Teófilo Alves Ferreira, de 48 anos, está desaparecido desde a quinta-feira passada (04) quando foi visto pela última vez. A família acredita que ele sumiu após frequentar uma boate, tendo em visto que um cartão bancário notificou gastos nesse estabelecimento. O homem, segundo familiares, estava recebendo ameaças de agiotas. 

José saiu de casa a pé apenas com a roupa do corpo, não levou celular ou qualquer outro objeto que ajudasse a contatá-lo. Ele foi visto pela última vez na Praça da Delegacia Geral do Centro. Um Boletim de Ocorrência relatando o desaparecimento foi protocolado e a família espera por respostas. Ao A10+, o genro de José Maria, Allysson Ramos, contou que foi informado do desaparecimento pela sogra.

  

José Maria foi visto pela última vez na Praça da Delegacia Geral do Centro de Teresina Reprodução

   

“Na quinta-feira a mulher dele me ligou avisando que ele tinha saído de casa para beber, no Centro mesmo, e ainda não tinha chegado. Ele saiu a pé só com a roupa do corpo, não levou celular, não levou nada. Mas no cartão mostra que teve um gasto em uma boate. Nós já registramos boletim de ocorrência, mas nenhuma informação da polícia sobre o paradeiro”, desabafou.

Allyson também disse que o sogro possuía muitas dívidas e frequentemente usava objetos pessoais para quitar dívidas com agiotas, tendo inclusive dado um carro para pagar um dos débitos. "Ele não comentava muito sobre os agiotas, mas a gente sabe que ele recebia ameaças, já que deu o carro dele para pagar contas porque devia para muitas pessoas", completou. 

Na tentativa de encontrar o sogro, os parentes produziram um card com a foto de José. Allyson desabafa que recebe comentários sobre a localização do sogro, mas nenhuma com informações sólidas sobre o paradeiro.

“Tem umas pessoas que falam que viram ele em algum lugar, só que seria bom ter uma prova, uma foto, alguma coisa assim, até pra gente ter a certeza de que é ele mesmo, porque tem alguns comentários que não tem a ver", relatou. 

Os familiares disponibilizaram o contato (86) 98159-3961 para obter informações sobre o paradeiro do homem. 

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Eleições nos Estados Unidos: você acha que Joe Biden tem condições de disputar a reeleição

ver resultado