MPPI recomenda que UPAs e hospitais de Teresina voltem a atender pacientes de outras cidades - Geral
RECOMENDAÇÃO

MPPI recomenda que UPAs e hospitais de Teresina voltem a atender pacientes de outras cidades

Em caso de descumprimento, o MPPI anunciou que adotará as medidas judiciais cabíveis


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

O Ministério Público do Piauí (MPPI), através da 29ª Promotoria de Justiça de Teresina, expediu recomendação à Fundação Municipal de Saúde (FMS) da capital para que sejam retomados os atendimentos de urgência e emergência à população em geral, de forma universalizada, nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e hospitais de urgência da rede municipal, independentemente do município de origem dos pacientes.

De acordo com o promotor de Justiça Eny Pontes, a FMS publicou a Portaria nº 364/2023 em 30 de outubro de 2023, determinando que os atendimentos das UPAs fossem exclusivos a pacientes residentes e domiciliados na capital.

 

UBSs de Teresina
FMS

   

Além de recomendar o atendimento universalizado, o MPPI solicitou que a FMS também informe sobre a adoção de medidas administrativas para o atendimento à recomendação em até 48 horas, bem como se houve participação da Comissão Intergestores Bipartite do Piauí (CIB-PI) e do Conselho Municipal de Saúde (CMS) na elaboração da Portaria FMS nº 364/2023. Em caso de descumprimento, o MPPI adotará as medidas judiciais cabíveis.

O Outro lado

O A10+ procurou a FMS para esclarecimentos acerca da recomendação, informando através de sua assessoria que recebeu a notificação e vai se pronunciar, no processo, dentro do prazo legal.

Fonte: Ministério Público do Piauí


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado