Operação Draco 78: Polícia Civil prende suspeitos de integrar facção criminosa em Teresina - Polícia
AÇÃO

Operação Draco 78: Polícia Civil prende suspeitos de integrar facção criminosa em Teresina

Vários aparelhos celulares foram apreendidos e informações sobre a atuação do grupo criminoso foram coletadas para futuras investigações


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

(Atualizado às 18h37)

A Polícia Civil do Piauí, por meio do Departamento de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO), deflagrou na tarde desta sexta-feira (01), a operação DRACO 78, com objetivo de dar cumprimento a mandados de busca e apreensão nos bairros Árvores Verde, Santa Bárbara e Vale do Gavião, zona Leste de Teresina. 

Durante a ação, três homens acusados de participar de uma organização criminosa foram presos. Além disso, vários aparelhos celulares foram apreendidos e informações sobre a atuação do grupo criminoso foram coletadas, o que deve subsidiar futuras operações. "A gente valoriza muito essas ações de inteligência, por isso que a gente tem uma integração muito forte com a própria diretoria de inteligência tanto da Secretaria de Segurança Pública como da Polícia Civil e por isso que a gente valoriza muito essas buscas e apreensões que é pra coletar informações para subsidiar as nossas investigações, futuras prisões e também dar robustez aos nossos inquéritos policiais", destacou o delegado Charles Pessoa, coordenador do Draco, em entrevista à TV Antena 10. 


O Coordenador do Draco informou  ainda que o foco da nova fase da ação foi a zona Leste e após homicídios registrado na cidade. “Hoje nosso foco foi a zona Leste, mais especificamente os bairro Santa Bárbara, Árvores Verdes e a região do Vale do Gavião. Essa operação aconteceu por uma determinação para que a gente intensifique as ações em razão de alguns homicídios, a exemplo daquele homicídio do estudante. Essas pessoas não tem vínculo com o homicídio mas estão no contexto de uma facção criminosa, então o secretário determinou que nós intensificamos as nossas ações naquela área”, pontua. 

A Polícia Civil seguirá intensificando as ações de segurança no final do ano e conforme o delegado, o Draco está com a meta de prender 500 suspeitos este ano. 

“A operação DRACO 78 hoje, a 79 já está na gaveta e se você integra realmente alguma facção criminosa aqui no estado do Piauí, pode configurar o seu despertador, porque principalmente em razão da aproximação do final de ano, nós iremos intensificar as novas ações. Estabelecemos uma meta no início dos nossos trabalhos aqui do departamento de 500 prisões no decorrer desse ano de 2023. E o que eu asseguro é que nós já estamos quase batendo essa meta de 500 prisões”, finaliza.



A operação foi realizada em conjunto com a Força Estadual Integrada de Segurança Pública (FEISP), Polícia Militar e Guarda Civil Municipal. 


Fonte: Portal A10+ com informações da Polícia Civil


Dê sua opinião:

Fique conectado