CRIME

Polícia apreende metralhadoras e drogas com passageiros dentro de ônibus em Teresina

A suspeita da polícia é que as armas seriam usadas em um confronto entre facções em Pedro II


Um motorista e dois passageiros de um ônibus vindo de São Paulo com destino a Pedro II, no Piauí, foram presos nesta segunda-feira (23), na BR-343, em Teresina. Com um dos passageiros foram encontrados 700 pedras de crack e duas metralhadoras. A suspeita é que as armas de fogo seriam usadas em uma disputa entre facções. 

Em entrevista ao Balanço Geral, da TV Antena 10, a coordenadora da DEPRE, delegada Alexandra Santos, explicou que chegaram ao passageiro por meio de denúncias anônimas e conseguiram interceptar o veículo no momento em que ele entrava em Teresina. No início da abordagem o passageiro admitiu que estava com armas e drogas.

  

Polícia apreende metralhadoras e drogas com passageiros dentro de ônibus em Teresina TV Antena 10

   

"Abordamos o veículo e o indivíduo já admitiu que estava com arma e com droga. Ele é um indivíduo que vende passagens pra empresa, ele não possui vínculo, mas ele é um vendedor autônomo. Ele informou que possui box em São Paulo e em Pedro II. Ele estaria vindo pra pra cidade de Pedro II com essas armas e essas drogas, quando foi feita a abordagem, na bolsa dele foi constatado que ele estava com, aproximadamente, 700 pedras de crack e duas armas de grosso calibre",  explicou a coordenadora. 

Além da submetralhadora automática e da metralhadora de fabricação caseira, foi encontrado um silenciador na arma. Para a polícia o homem admitiu que pertencia a uma facção e, a polícia acredita, que as armas estavam sendo transportadas para ajudar na disputa entre facções que acontece na região de Pedro II. 

"São armas de grosso calibre que a gente acredita que estavam indo para aquela região onde estava tendo um conflito intenso entre facções e estavam indo para lá para fomentar essa disputa, tendo em vista que o próprio indivíduo admitiu ser faccionado", contou.

Ela também informou que o passageiro não tinha vínculos com a empresa, mas transitava entre as cidades de carona, pois vendia passagens para a empresa de ônibus. Após esclarecimentos o motorista do veículo foi liberado. 

Durante a vistoria no veículo, outro passageiro foi preso com dois tabletes de maconha, até o momento, a polícia não encontrou vínculos entre os dois casos.

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque