Polícia Civil deflagra nova fase da “Operação Cerco Fechado” e cumpre mandados em todo o Piauí - Polícia
AÇÃO POLICIAL

Polícia Civil deflagra nova fase da “Operação Cerco Fechado” e cumpre mandados em todo o Piauí

São alvos investigados por crimes de furtos, roubos, tráfico de drogas, estupro, violência doméstica, homicídios e outros


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

(Atualizada às 07h50)

A Polícia Civil do Piauí deflagrou, nesta quinta-feira (25), mais uma fase da ”Operação Cerco Fechado”. O objetivo é dar cumprimento a mandados de prisão e de busca e apreensão em todo o Piauí por crimes de furtos, roubos, tráfico de drogas, estupro, violência doméstica, homicídios e outros.

Na ocasião, o Departamento Estadual de Repressão ao Narcotráfico apreendeu drogas e prendeu o irmão de um dos maiores líderes do PCC, conhecido como "Bombinha", com atuação na região da Santa Maria da Codipi.

"Demos cumprimento a seis mandados de busca na manhã de hoje, com apreensão de droga, arma de fogo, no caso uma pistola Glock, que estava em poder do Micael. Quem é o Micael? Micael é irmão do Michael, conhecido como Bombinha, ele que seria o líder maior do PCC, juntamente com outros familiares dele na região da Santa Maria", disse o delegado Samuel Silveira à TV Antena 10.

Polícia Civil deflagra nova fase da "Operação Cerco Fechado" e cumpre mandados em todo o Piauí
Divulgação

   

A ação, coordenada pela Delegacia-Geral, conta com a participação de policiais civis de unidades distritais, metropolitanas, especializadas e do interior. A operação tem por objetivo a redução de índices de criminalidade no estado. 

Durante todas as diligências, até o momento, foram presas 75 pessoas em diversas cidades do estado, com apreensões de armas, veículos e celulares.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado