CASO SAMUEL BRENDOW

"Ele merece um enterro digno", declara mãe de jovem desaparecido; família acredita em execução

Samuel Brendow foi visto pela última vez com vida em 17 de novembro; DHPP investiga caso


"Só quero encontrar meu filho, seja morto ou vivo. Ele merece um enterro digno", declarou Juscileide Santos, mãe de Samuel Brendow Sousa Santos, jovem de 23 anos que está desaparecido desde o dia 17 de novembro. Sem esperanças, a família acredita que o rapaz foi vítima do Tribunal do Crime. Eles pedem ajuda para localizar o corpo.

Em entrevista ao Balanço Geral Piauí, da TV Antena 10, Juscileide Santos disse que, apesar do envolvimento com o crime, Samuel merece ser enterrado dignamente. Ele foi visto pela última vez em um bar, bebendo com amigos.

  

Irmã e mãe de Samuel Brendow Sousa Santos
Ana Paula Barreira / TV Antena 10

  

Samuel foi preso preso há mais de um ano e saiu da cadeia há dois meses. Um familiar relatou ao A10+ que ele se envolveu com facções criminosas dentro da prisão e que seu desaparecimento pode ter sido ocasionado por um grupo criminoso rival.

"A única coisa que eu quero saber é do meu filho. O único apelo que eu faço, se está vivo ou morto, eu quero encontrar meu filho. Ele merece um enterro digno. Ele fez a escolha dele, mas eu peço encarecidamente a todos, qualquer informação, entre em contato com a família ou com a polícia, mas pelo amor de Deus, eu peço por tudo quanto é sagrado, eu quero enterrar meu filho. Não aguento mais", desabafou a mãe do jovem bastante abalada.

Fátima Brenda, irmã de Samuel, acredita que ele pode ter sido vítima de faccionados por conta de seu envolvimento com a criminalidade no passado. Segundo a família, o jovem estava tentando se manter longe do crime e trabalhava como garçom. Ela também fez um apelo e pediu qualquer informação acerca do paradeiro do rapaz.

"Ele entrou para o mundo do crime e nesses últimos meses estava saindo desse mundo cruel. Estava trabalhando, estava sendo visto como uma pessoa do bem, mas infelizmente algo aconteceu. A gente sabe quem é realmente o Samuel. O povo de fora julga muito em postagens, fazem comentários maldosos. Só a família sabe quem é ele. A gente só quer enterrar ele em paz", disse.

  

Família pede ajuda para localizar jovem de 23 anos desaparecido em Teresina
Reprodução

  

Fátima lembra que a última vez que viu o irmão foi no dia que ele desapareceu e que Samuel não tinha inimizades, pois todos no bar em que ele trabalhava gostavam dele e no bairro Bela Vista, onde morava, era visto como uma pessoa querida.  

"Já são sete dias. Sete dias não são sete segundos, são sete dias nesse sofrimento, o meu irmão é uma pessoa importante também da nossa família, ele é gente, ele é um ser humano, ele é falho, mas ele é uma pessoa, ele é um ser humano. Então o que a gente pede é ajuda pra encontrar o meu irmão pra gente poder dar um enterro digno que ele merece, que a gente sabe que ele não é uma pessoa ruim", comentou.

A última informação que a família tem de Samuel é que ele estava em um bar com amigos no bairro Promorar, mas a família afirmou que não conhece os amigos com quem ele estava. Os números (86) 9 9925-0448, (86) 9 9814-3773, (86) 9 9807-8851 foram disponibilizados para quem tiver alguma informação sobre a localização do jovem.

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião: