Após ataques, terroristas são transferidos para Papuda e Penitenciária Feminina do DF - Política
BRASIL

Após ataques, terroristas são transferidos para Papuda e Penitenciária Feminina do DF

Juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais do DF, permitiu transferência sem audiência de custódia;


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Os terroristas presos após os ataques às sedes dos três poderes em Brasília, neste domingo (8), já começaram a ser transferidos para o Complexo Penitenciário da Papuda e para a Penitenciária Feminina do Distrito Federal (PFDF), conhecida como Colmeia. 

De acordo com a Polícia Civil (PCDF), 300 pessoas encaminhadas ao Departamento de Polícia Especializada (DPE), e 204 foram efetivamente presas por envolvimento nos ataques. Na noite de domingo, a juíza da Vara de Execuções Penais do DF, Leila Cury, permitiu a transferência dos detidos, da carceragem da PCDF para os presídios, sem necessidade de audiência de custódia. 

  

Após ataques, terroristas são transferidos para Papuda e Penitenciária Feminina do DF Reprodução

   

Questionada a Secretaria de Administração Penitenciária do DF (Seape-DF), disse que ainda não tem o número de pessoas que já chegaram à Papuda e à colmeia. Os criminosos estão sendo levados em grupos, em veículos das forças de segurança do DF. 

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, determinou que o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), seja afastado do cargo por, pelo menos, 90 dias. Moraes também deu o prazo de 24 horas para que os acampamentos dos manifestantes sejam desmontados. 

A decisão foi divulgada por volta de 0h desta segunda-feira (9), horas após manifestantes invadirem as sedes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e provocarem diversos atos terroristas. O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, decretou intervenção federal na segurança do DF. 

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado