Em Teresina, Câmara aprova projeto que proíbe utilização de animais em carroças; categoria protesta - Política
PROJETO DE LEI

Em Teresina, Câmara aprova projeto que proíbe utilização de animais em carroças; categoria protesta

Segundo projeto, trabalhadores devem ser qualificados pela Prefeitura para utilização de outros meios de transporte


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A Câmara Municipal de Teresina votou e aprovou nesta terça-feira (04) o Projeto de Lei que proíbe gradativamente a circulação de meio de transporte por tração animal em Teresina. O projeto, de autoria da vereadora Thanandra Sarapatinhas, já vem sendo colocado em pauta há alguns anos e divide opiniões. 

Em entrevista à imprensa, Thanandra falou que a aprovação é a realização de um sonho. “Eu estou muito feliz porque é um sonho meu desde criança e eu estou aqui para representar que não tem voz, que são os animais. Quero dizer que ninguém vai ficar desempregado, passar fome, é só pra acabar com o sofrimento dos animais. Não é justo, eu vejo todo dia os animais debilitados. Esses animais podem ir pra centros de ecoterapia, podem ser adotados”, explicou.

  

Projeto proíbe gradativamente a circulação de meio de transporte por tração animal em Teresina
TV Antena 10
   

O projeto sempre recebeu amplas críticas por parte dos carroceiros, que afirmam que após a aprovação da lei a grande maioria dos trabalhadores ficarão desempregados. Segundo Thanandra, o papel da Prefeitura agora é capacitar e apresentar soluções para que essas pessoas continuem realizando seus serviços, mas sem a utilização de animais.

“A Prefeitura vai ter que qualificar essas pessoas, quem quiser ser carroceiro só não vai usar o animal, mas tem cavalo de lata, tem a moto com caçamba acoplada. Quem não tiver estudo para ter carteira de motorista, tem a opção de bicicleta com motor”, disse a vereadora.

  

Sob lágrimas, carroceiros protestaram e lamentaram a aprovação do projeto
TV Antena 10

   

Sob lágrimas, a categoria protestou contra a aprovação nesta terça-feira. Segundo a presidente da Associação dos Carroceiros de Teresina, Tina Lima, os trabalhadores buscarão a ajuda da Prefeitura para um possível veto. 

“São milhares de pais de família que vão ficar desempregados. Esses vereadores acabaram com a vida dessas pessoas. A gente vai pra frente da Prefeitura, ver o que o prefeito vai fazer. Não tem emprego nem pra quem tem estudo, imagina para esses pais de família que não tem estudo. A única coisa que eles sabem é trabalhar com carroça”, finalizou.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado