Vereador chama outro de picareta e gera briga durante sessão no Piauí; assista - Política
TUMULTO

Vereador chama outro de picareta e gera briga durante sessão no Piauí; assista

A situação provocou tumulto na casa legislativa de Picos


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Dois vereadores brigaram durante uma sessão na Câmara Municipal da cidade de Picos, interior do Piauí, na quinta-feira (09). Tudo começou quando o vereador Pedro Pio (PP), líder do governo, chamou o vereador Marcos Buriti (PTB) de 'picareta'. Os dois só não iniciaram as agressões físicas porque outros parlamentares intervieram. As imagens estão viralizando nas redes sociais.

  

Vereador chama outro de picareta e gera briga durante sessão no Piauí Reprodução

   

Durante a sessão, os vereadores deveriam votar a cobrança da taxa de lixo, que tem gerado polêmica na cidade. Nas imagens é possível observar que Marcos Buriti, oposição ao prefeito Gil Paraibano, começou apontando falhas na gestão. As críticas teriam motivado a discussão entre os vereadores.

A suspeita é que o vereador Pedro Pio teria ficado exaltado porque Marcos Buriti estaria falando durante o pronunciamento dele. Neste momento, o líder do governo explanou: "Vossa excelência deveria respeitar as pessoas, como a sociedade picoense sabe que vossa excelência é um picareta, picareta [repetiu] que anda mentindo", disse o líder do governo.


Na sequência, Marcos Buriti caminhou até Pedro Pio e criou-se um tumulto em volta dos dois parlamentares. Alguns vereadores intervieram na discussão deles. O caso tem gerado polêmica nas redes sociais, principalmente pela forma como os vereadores se trataram em plena sessão.

Em nota divulgada nas redes sociais, a Câmara Municipal de Picos manifestou “preocupação e desaprovação com o ocorrido na sessão realizada no dia 09/03/2023, onde dois parlamentares se exaltaram durante uma discussão, culminando no encerramento da sessão”.

Veja abaixo a nota na íntegra:


Outro lado

O A10+ não conseguiu contato com os vereadores envolvidos na briga. O espaço segue aberto para esclarecimentos através do email: [email protected] ou no Whatsapp: (86) 3218-1010.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado