Conheça o intercâmbio voluntário, a forma mais barata e acessível de viajar para outro país - A10+ pelo Mundo
A10+ pelo Mundo
A10+ PELO MUNDO

Conheça o intercâmbio voluntário, a forma mais barata e acessível de viajar para outro país

Foi nessa modalidade que um piauiense conseguiu morar cinco meses em Londres


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Por Rogério Marques, colaborador do A10+
Piauiense apaixonado por viagens que deixou a terra quente para desbravar lugares pelo mundo

Dificilmente você vai encontrar uma pessoa que não goste de viajar, afinal, nosso DNA humano é ser ávido por explorar e descobrir novos lugares. Nós nascemos exploradores! 

E é assim que me defino, um explorador de lugares, culturas, comidas e sensações que espero trazer em riqueza de detalhes através dos textos nesta singela coluna que estreia no A10+

  

Conheça o intercâmbio voluntário, a forma mais barata e acessível de viajar para outro país Foto ilustrativa

   

Então aperta o cinto, que iremos decolar pelo mundo, e através de palavras eu vou te teleportar, e te fazer sentir as mesmas emoções que eu senti, mesmo estando a muitos quilômetros de distância. 

E para começar nossa aventura eu não poderia deixar de falar da oportunidade que mudou a minha vida, e que também pode mudar a sua, o Intercâmbio Voluntário. 

Foi graças a essa modalidade, que eu consegui morar cinco meses em Londres, uma das cidades mais caras do mundo, sem precisar gastar um centavo com hospedagem. 

Nos próximos parágrafos você vai saber tudo que precisa para viajar o mundo gastando menos também. 

O que é Intercâmbio Voluntário?

Essa nomenclatura foi criada adaptada particularmente ao português, sendo a forma originária chamada de "work exchange", que em uma tradução literal seria "troca de trabalho". 

E o conceito é justamente esse, esse tipo de intercâmbio nada mais é do que trocar algumas horas de trabalho por hospedagem e alimentação gratuitas, existindo a possibilidade, em alguns casos, de ter outros benefícios. 

Geralmente você irá trabalhar entre 15 e 30 horas por semana para o seu anfitrião (pessoa que vai te receber), e poderá ter de 01 a 03 ou 04 dias de folga na semana, depende muito do tipo de trabalho que você vai exercer. 

Quais os tipos de trabalho voluntário? 

A variedade de oportunidades é imensa, mas as mais comuns são: 

  • Ajudar  com a limpeza em hotel, albergues, ou pousadas. 

  • Ajudar na cozinha seja como cozinheiro ou como auxiliar. 

  • Ajudar em uma construção, reforma ou pintura. 

  • Cuidados com animais e limpeza. 

  • Plantio e colheita em fazendas agrícolas. 

Além dessas opções mencionadas existem trabalhos específicos que exigem alguma capacidade técnica, como fotógrafo ou gestor de mídias sociais. 

São mais de 1.000 vagas de voluntários apenas em uma das principais plataformas, para mais de 50 países diferentes, inclusive no Brasil. 

Isso mesmo, caso você não queira fazer um investimento alto, e queira testar essa modalidade de viagem, você pode encontrar uma oportunidade no nosso próprio país e já sentir como funciona a experiência. 

É preciso saber inglês ou outro idioma? 

Eu diria que essa é a pergunta top 01 quando se fala em Intercâmbio Voluntário. 

A resposta é: NÃO. 

Falar um idioma como inglês, não é um pré-requisito para conseguir uma oportunidade. 

Como fazer um intercâmbio voluntário? 

Se engana quem acha que requerer uma vaga é algo complexo, na verdade, é bem simples, basta você se cadastrar em uma das plataformas disponíveis e escolher o país ou cidade que lhe interessa, e após escolher a data que você pode viajar, e depois disso preencher um formulário simples.

Para responder essas perguntas você pode usar o Google Tradutor como ajuda. 

Onde conseguir uma oportunidade? 

Os principais sites para encontrar as melhores oportunidades, de acordo com várias pessoas que já conversei são: Worldpackers, Workaway e Helpx. [links] 

É importante saber que essas plataformas não são gratuitas, mas também não são caras, vale a pena entrar em cada uma delas e verificar e comparar os preços. 

Uma sugestão é você observar qual tem mais oportunidades que lhe agrada e assinar, sem ter necessidade de investir em todas.

Por que o Intercâmbio Voluntário é a melhor forma de viajar? 

O voluntariado é uma experiência que costumo dizer está entre ser turista e entre ser nativo, pois não é um nem é outro, e de certa forma te faz ter a oportunidade de vivenciar os dois lados. 

Um dos grandes pontos positivos também é essa possibilidade de poder se conectar mais profundamente com a cultura e as pessoas do lugar que você está conhecendo, pois além dos pontos que você vai visitar, durante seu dia-dia e trabalho você vai ter contato com outras pessoas. 

E isso já deixa claro outro trunfo importante, a oportunidade de treinar e aprender novos idiomas. 

E o principal, que dá voz ao título desse artigo, o preço gasto!

A hospedagem e alimentação representam cerca de 30% a 40% dos seus gastos de viagem, e dependendo da cidade, até mais. 

Sendo um voluntário e trocando trabalho por esses "mimos" você vai economizar bastante dinheiro, e isso é o que faz você optar por uma viagem de meses ao invés de viajar por poucos dias. (Os gastos são os mesmos) 

Já está preparado para a sua primeira experiência como voluntário? 

Já comece a ver as oportunidades e se planejar financeiramente, o que exige um pouco de paciência e disciplina, mas isso fica para um outro texto. 

Se você gostou desse conteúdo, fique atento a nossa coluna, iremos trazer muitas dicas e novidades para você. 

Fonte: A10+ pelo Mundo


Dê sua opinião:

Sobre a coluna

Por Rogério Marques

Por Rogério Marques

Conheça as culturas e tradições de outros países

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado