PRD não libera Vany Queiroz, Ana Célia e nem Paulo Roberto para vice do Dr. Pessoa - Bastidores
Bastidores
BASTIDORES

PRD não libera Vany Queiroz, Ana Célia e nem Paulo Roberto para vice do Dr. Pessoa

PSDB dificilmente dará o vice que o Prefeito espera. Dos nomes já citados apenas um do Avante, em tese, estaria no páreo


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Foi o que afirmou o vereador Renato Berger (PRD), alinhado com a presidente Bruno Vilarinho. O partido quer eleger o maior número possível de parlamentares e, desta forma, não teria disposição de abrir mão de nenhum pré-candidato para compor a chapa majoritária ao lado do Prefeito de Teresina, Dr. Pessoa.

“O PRD já tem o Dr. Pessoa. Eu acho que o vice deve sair de um outro partido coligado ao Dr. Pessoa, tanto o PL como o Avante”, afirmou Berger à coluna Bastidores completando que não tem preferência por nomes. “Eu voto é no Dr. Pessoa, independente do vice que seja. Então, qualquer vice eu votaria a favor”.

  
PRD não libera Vany Queiroz, Ana Célia e nem Paulo Roberto para vice do Dr. Pessoa Reprodução
 
 
 

O partido mantendo esse pensamento externado pelo parlamentar, automaticamente estariam fora Ana Célia Aragão e Paulo Roberto da Iluminação. Este último, nome ventilado pelo Prefeito Dr. Pessoa para atrair o apoio de João Vicente Claudino, mas sem sucesso. No caso de Vany Queiroz, apesar de filiada ao PRD, seu nome não deve passar. O motivo é que daria mais força ao seu esposo, vereador Capitão Roberval Queiroz, o que não agrada lideranças do partido.

Assim, restaria apenas um nome, dos já citados pelo Prefeito de Teresina, a advogada Dalva Fernandes, do Avante. Porém, outro nome feminino do partido pode surgir como vice, Karla Berger, ex-Secretária de Políticas Públicas para as Mulheres. 

PSDB

A indefinição pelo nome do vice também está ligada a possibilidade de Jorge Lopes desistir da pré-candidatura a Prefeito pelos tucanos e indicar o vice do Dr. Pessoa. No entanto, esta é uma possibilidade muito remota. 

O partido está dividido. O Presidente da sigla no Piauí, Luciano Nunes, está com todo o seu grupo em apoio a Fábio Novo (PT) e o Presidente municipal, vereador Edson Melo, quer levar o que resta dos tucanos para Sílvio Mendes (UB). Além disso, João Vicente Claudino, que deixou a sigla, deve apoiar um dos pré-candidatos e levar consigo grande parte dos candidatos da federação com o Cidadania, o que deixaria Jorge Lopes com pouca possibilidade de mobilização.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Sobre a coluna

Wesslley Sales

Wesslley Sales

Jornalista, Especialista em Marketing Político, Mídias Sociais e Comunicação Produtor, Apresentador e Repórter na TV Antena10 Radialista e Redator

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

APÓS DESISTÊNCIA DE JOE BIDEN, VOCÊ ACREDITA QUE KAMALA TEM CHANCES DE DERROTAR TRUMP NOS EUA

ver resultado