Conjuntura Política
CONJUNTURA POLÍTICA

Rejane Dias defende candidatura própria do PT em Teresina para 2024

Até hoje, o PT não conseguiu comandar o Palácio da Cidade, embora já tenha lançado candidatos


O saldo das eleições municipais de 2020, em relação à conquista de representação de prefeituras, foi um dos mais negativos da história do PT. Pela primeira vez, desde 1985, o partido passou a ficar sem prefeitos nas capitais brasileiras após o resultado das urnas. Agora, o partido trabalha sua reestruturação, sobretudo com a retomada ao Presidência da República a partir do próximo ano.

No Piauí, o partido também já vislumbra o que poderá fazer em 2024 e cogita a possibilidade de ter uma candidatura independente para disputar a prefeitura de Teresina. Um dos nomes mais cotados seria o de Rejane Dias. Recentemente, seu nome foi discutido entre representantes da executiva nacional do partido, que veem a estratégia com bons olhos. Para tal entendimento da sigla, pesou o fato de que Rejane foi a candidata mais votada no Piauí para a Câmara Federal, com 134 mil votos válidos.

  

Rejane Dias defende candidatura própria do PT em Teresina para 2024
TV Antena 10

  

Questionada, a deputada não confirma se realmente entrará na disputa, porém deixa claro que está à disposição do partido. Ainda assim, é enfática ao defender que o partido lance uma candidatura própria nas próximas eleições.

“Isso eu defendo. Pode ser o meu nome. Vai depender da situação lá na frente, que não é minha preocupação agora. Mas o PT também tem grandes nomes, novos quadros, que podem sim colocar seus nomes à disposição”, disse a parlamentar”.

Ela completa ainda afirmando: “Estou tão preocupada com o mandato, em dar continuidade, que até entendo que é normal que as pessoas perguntem se vou colocar meu nome à disposição do partido para a prefeitura de Teresina. Porque eu entendo que fui a mais votada de Teresina.”

Até hoje, o PT não conseguiu comandar o Palácio da Cidade, embora já tenha lançado candidatos. Nas últimas eleições, o candidato da sigla foi Fábio Novo, que obteve 47.573 votos, ficando em quarto lugar na disputa. As eleições municipais foram para segundo turno, e o partido optou por apoiar o atual prefeito da cidade, Dr. Pessoa (Republicanos), que, há época, concorreu pelo MDB.

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Conjuntura Política - A10+


Dê sua opinião:

Sobre a coluna

Beatriz Ribas

Beatriz Ribas

Apresentadora da TV Antena 10, cientista política e social

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque