Se eleito, Silvio Mendes diz que vai aumentar leitos no HUT e quer mais escolas de tempo integral - Eleições 2022
Eleições 2022
PRÉ-CANDIDATO

Se eleito, Silvio Mendes diz que vai aumentar leitos no HUT e quer mais escolas de tempo integral

Pré-candidato à prefeitura apresentou propostas nas áreas da saúde, transporte e educação durante entrevista à TV Antena 10


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

O pré-candidato à Prefeitura de Teresina nas eleições municipais deste ano, Silvio Mendes (UB), concedeu entrevista ao programa Balanço Geral Piauí, da TV Antena 10, na tarde desta sexta-feira (10). O médico deu detalhes do seu plano de ação para a capital e suas propostas para algumas das principais áreas, como saúde, transporte e educação. 

Para Silvio, não há nenhum problema que tenha solução desde que haja uma boa equipe e que conheça a cidade. De forma objetiva, o pré-candidato disse que ‘a casa precisa ser organizada’, em relação à Prefeitura de Teresina e ‘arrumar a cidade em todas as áreas’. O médico apresentou um documento com propostas, feito com a contribuição de mais de 40 pessoas para a cidade, entre professores e gestores.

  

Silvio Mendes em entrevista ao Balanço Geral Anna Paula Couto/ A10+

   

“Qualquer bairro, rua, tem a nossa marca. Na saúde, educação, limpeza pública e ninguém vai destruir isso; está gravado no chão da cidade. Precisamos organizar a casa, a prefeitura de Teresina precisa ser reorganizada; arrumar a cidade em todas as áreas, no transporte, que vive uma crise que a gente nunca viu. Então, é pagar os fornecedores. Muita gente está fechando empresas, acabando empregos por conta de não receber pagamentos em serviços prestados”, destaca. 

Na saúde, Silvio Mendes pontuou que, se eleito, pretende aumentar o número de leitos do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), para acabar com as cenas de pessoas em macas nos corredores. Além disso, com o apoio da tecnologia, sua gestão terá uma plataforma onde a população poderá marcar consultas e receber exames de forma digital.


“Com o avanço da tecnologia, nós vamos ter uma ferramenta que não tínhamos lá atrás, usar inteligência artificial. Vamos aumentar o número de leitos do HUT, pois já tem pessoas em macas pelos corredores e isso não é digno. Experiência nós temos porque já fizemos. Não é aventura, somos certeza. Nessa plataforma permite e você que conhece aquelas filas, a população vai poder marcar sua consulta de casa, saber quem é o médico, sem poder enfrentar fila; a partir do seu celular ou computador; receber exames no celular. Mas de impacto que você vai ter é o aumento de leitos do HUT e o agendamento de consultas dessa forma. Exames do mesmo jeito”, frisa. 

Silvio Mendes chamou atenção ainda para a falta de remédio na área da saúde, como uma das principais reclamações da população. 

Na área da educação, Silvio Mendes citou o período em que Teresina foi considerada a melhor educação do país e, caso seja eleito, pretende melhorar esse índice de forma célere. O pré-candidato destacou ainda que quer aumentar o número de creches e escolas de tempo integral. 

“Na educação, nós fomos a cidade a ter a melhor educação. Temos que voltar rapidamente a melhorar, aumentar o número de creches, escolas em tempo integral. As vezes é o único lugar que o aluno vai ter almoço”, pontua. 

No transporte, o pré-candidato citou boas experiências em outros Estados e experiências realizadas na sua gestão em Teresina. E com a crise no sistema, o comércio de Teresina, para ele, foi afetado. Silvio Mendes citou lojas sendo fechadas, empregos acabando e ambulantes voltando para as ruas. 

“O centro declinou, casas fechadas, empregos acabaram. O ambulante está voltando para as ruas. A calçada é ruim, não tem acessibilidade para quem usa cadeira de rodas. Você olha para a praça, mal cuidada. Então é preciso uma série de intervenções para poder voltar a ter vida”, afirmou. 

  

Pré-candidato à prefeitura de Teresina, Silvio Mendes (UB) Anna Paula Couto/ A10+

   

Nesse cenário, o médico também comentou acerca dos buracos em vias na cidade e citou que em sua época de prefeito, uma usina de asfalto foi adquirida. Além disso, ainda acerca da mobilidade urbana, Mendes destacou que em seu plano diretor diz as ruas com maior quantidade de congestionamentos e que precisa ser feito algo.

“O plano diretor, que já está pronto, diz quais ruas são carregadas, com uma maior quantidade de congestionamento. Lá tem dizendo que se deve constituir uma ponte por isso, por isso e por isso. Então, não vai fazer pelo o que eu acho, mas pelo o que deve ser. Deixamos a prefeitura com 92% de aprovação, compromisso com a cidade, experiência, é assim que se faz, são princípios básicos. É preciso reduzir despesas e atividades meio, o dinheiro tem que ir pra ponta, servir o cidadão, escola de qualidade, limpeza pública; olha aí a epidemia de dengue, transporte público”, afirma. 

Nesse meio, o pré-candidato citou ainda a problemática da drenagem. Segundo Silvio, há recursos federais enviados para serem usados e correm risco de serem devolvidos.

“Disseram que a galeria na zona leste seria feita 100 dias e morreu gente, inclusive. Ela não foi feita, a galeria mais importantes a serem feitas são  lá no Torquato Neto; ali custos entre 70 a 80 milhões de reais; o governo federal repassou o dinheiro e corre o risco de ser revolver  a outra é a do São Pedro”, completa.

“Peço que a população compare”

Ao fim da entrevista, o pré-candidato pediu para que a população faça a comparação e chegou até a declinar acerca do seu principal opositor, Fábio Novo (PT). 

“O que eu peço é que a população compare. Esse aí não tem experiência, o que ele fez por Teresina? Ele participou do governo, a gente tem história, temos marca, ele não vai conseguir destruir a nossa história, os nossos serviços. Ando em qualquer lugar de cabeça erguida, ando em paz, consciente”, finaliza. 

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Sobre a coluna

A10+

A10+

Tudo sobre as eleições 2022 no cenário nacional e local

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado