Após três horas, criminoso se entrega e libera reféns de sequestro a ônibus no RJ - Brasil
BRASIL

Após três horas, criminoso se entrega e libera reféns de sequestro a ônibus no RJ

Antes da chegada do Bope, dois passageiros foram baleados


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

(Atualizada às 18h08)

Após três horas, o criminoso armado que sequestrou um ônibus na rodoviária do Rio de Janeiro se entregou no final da tarde desta terça-feira (12). O suspeito foi identificado como Paulo Sérgio de Lima, de 30 anos. Ele já tem outras duas passagens pela polícia.

  
Após três horas, criminoso se entrega e libera reféns de sequestro a ônibus no RJ Record News
 
 
 

Os 16 reféns foram liberados após negociação do Bope (Batalhão de Operações Especiais). Até o momento, não se sabe a motivação do crime. Antes da chegada dos agentes, dois passageiros foram baleados. Um deles foi socorrido em estado grave e levado ao Hospital Souza Aguiar, no centro, onde passa por uma cirurgia.

O sequestro

O suspeito atirou contra passageiros antes de invadir o ônibus da Viação Sampaio, com destino a Minas Gerais e previsão de partida às 14h30. Testemunhas relataram que houve "correria" no momento dos disparos. Muitos passageiros se abrigaram nos fundos da rodoviária.

Durante o sequestro, o homem armado não chegou a fazer exigências às autoridades. Ele também não explicou a motivação do crime. O Bope (Batalhão de Operações Especiais) foi acionado para negociar com o suspeito e esvaziou a rodoviária. Inclusive, o espaço aéreo foi fechado. 

Por volta das 17h50, o homem se entregou e foi preso. Paulo Sérgio, de 30 anos, foi colocado na viatura para ser levado à 4ª DP (Central do Brasil). De acordo com as primeiras informações, o suspeito tem passagens por roubo. Em 2022, foi beneficiado pela progressão de regime e passou para o semiaberto. 

Posicionamento da Viação Sampaio

"A Viação Sampaio informa que o ônibus sequestrado na Rodoviária Novo Rio é da linha Rio de Janeiro-Juiz de Fora (MG), operada pela Viação Útil, que partiria às 14h30 da tarde de hoje.

Foram vendidas 37 passagens para a parte superior do ônibus, que é da categoria executiva, e 6 passagens para a parte inferior, que opera na categoria leito.

Uma equipe da Viação Sampaio está no local para prestar assistência aos passageiros envolvidos neste caso de violência. Lamentamos profundamente o ocorrido, ainda sem detalhes, e daremos o apoio possível aos clientes e funcionários da empresa".

Fonte: R7


Dê sua opinião:

Fique conectado