PRISÃO

Brasileiro preso no Panamá pode ser condenado à prisão perpétua nos EUA

Ele é suspeito de ter assassinado um cidadão brasileiro que morava no estado americano


Um brasileiro de 19 anos, natural de Ipatinga em Minas Gerais, está detido no Panamá. Segundo a polícia, Bruno Menezes de Freitas é suspeito de ter assassinado um cidadão brasileiro que morava no estado da Pensilvânia, nos EUA, após uma tentativa de roubo, o que configura o crime como latrocínio.

Diante do crime, o jovem está sob risco de extradição aos Estados Unidos, onde pode pegar prisão perpétua sem direito a condicional. O mineiro morava no país há três anos e estaria acompanhado de outro brasileiro no momento do crime.

  

Brasileiro preso no Panamá pode ser condenado à prisão perpétua nos EUA Reprodução
   

Na Pensilvânia, o latrocínio (felony murder) considerado homicídio de segundo grau (second degree murder), cuja pena mandatória é a prisão perpétua.

Por ter sido preso no Panamá, enquanto fazia escala de um voo do México ao Brasil, a prisão de Bruno ainda irá passar por diferentes etapas diplomáticas até ser decidido onde será preso.

Em nota, a  Embaixada Brasileira no Panamá informou que "brasileiros condenados pela Justiça norte-americana e presos nos EUA podem ser transferidos ao Brasil para o cumprimento do restante de sua pena, se assim os dois países concordarem".

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque