Ossada de homem desaparecido é encontrada no quintal de casa enquanto mulher colhia mandioca - Brasil
DESAPARECIDO HÁ SEIS MESES

Ossada de homem desaparecido é encontrada no quintal de casa enquanto mulher colhia mandioca

Em depoimento, um dos suspeito contou que o homem foi morto com marteladas na cabeça e enterrado vivo


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A ossada de um homem identificado como Magno Monteiro, de 42 anos, foi encontrada por uma familiar da vítima nesta semana enquanto colhia mandiocas no quintal de casa, em Sidrolândia, no Mato Grosso do Sul. A vítima estava desaparecida há seis meses. Dois suspeitos do assassinato foram presos. 

De acordo com a Polícia Civil, Magno Monteiro estava desaparecido devido a uma dívida gerada por tráfico de drogas. Dois suspeitos, ambos de 19 anos, foram presos; eles já eram apontados como autores do crime, mas como na época como não tinham provas suficientes, foram soltos. 

 

Ossada de homem desaparecido é encontrada no quintal de casa enquanto mulher colhia mandioca
Divulgação

 

Os investigadores já tinham realizado buscas no quintal da casa com apoio de cães farejadores, mas o corpo não foi localizado. Quando a testemunha acionou a polícia relatando sobre a ossada, um dos suspeitos foi preso e confessou o crime. 

Em depoimento, ele detalhou que a vítima foi executada com marteladas no crânio e facadas no abdômen. Eles também enterraram ele com vida, aos gritos, no quintal da casa que ele morava. 

O suspeito também identificou outros participantes do crime e o segundo envolvido foi localizado. O terceiro ainda não foi encontrado.

 

Em depoimento, um dos suspeito contou que o homem foi morto com marteladas na cabeça e enterrado vivo
Divulgação

 

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o verdadeiro autor do crime foi apontado há dois meses quando uma mulher, que era investigada como uma das suspeitas, foi a delegacia registrar um boletim de ocorrência por violência doméstica contra o namorado. No depoimento, ela contou que o namorado ameaçou matar ela da mesma forma que fez com Magno Monteiro. 

A partir do depoimento, a Polícia Civil passou a ter o homem como o principal suspeito. Com o corpo encontrado, os dois suspeitos foram presos em flagrante.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado