Mais de 74 mil endereços do Piauí estão em condomínios, aponta IBGE - Cidades
LEVANTAMENTO

Mais de 74 mil endereços do Piauí estão em condomínios, aponta IBGE

Em Teresina, 42% dos endereços em condomínio de apartamentos estão concentrados no subdistrito Leste


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Segundo o Cadastro Nacional de Endereços para Fins Estatísticos (CNEFE) do IBGE, no Piauí foram registrados 74.649 endereços situados em arranjos condominiais, sendo 17.297 endereço sem condomínios que tinham entre 6 e 20 endereços, 13.221 em condomínios entre 21 e 50 endereços,11.422 em condomínios entre 51 e 100 endereços e 32.709 em condomínios com mais de 100 endereços. No Piauí registrou-se uma média de 15,06 domicílios por arranjo condominial.

Por sua vez, no Brasil, foram registrados 13.285.465 de endereços situados em arranjos condominiais, sendo 3,6 milhões de endereços em condomínios que tinham entre 6 e 20 endereços, 2,7milhões em condomínios entre 21 e 50 endereços, 2,2 milhões em condomínios entre 51 e 100 endereços e 4,8 milhões em condomínios com mais de 100 endereços. No Brasil registrou-se uma média de 12,79 domicílios por arranjo condominial. Dentre as unidades da federação, a maior média foi a de Roraima, com 79,30 domicílios por arranjo condominial, e a menor média foi do Rio Grande do Sul, com 8,99 domicílios por arranjo condominial.

  
Mais de 74 mil endereços do Piauí estão em condomínios, aponta IBGE
Imagem ilustrativa
 
 
 

Em Teresina, 42% dos endereços em condomínio de apartamentos estão concentrados no subdistrito Leste

Em Teresina, o CNEFE apontou que o subdistrito Leste possuía a maior proporção de endereços em arranjos condominiais do tipo “apartamento” na capital, com 42,13% do total de endereços, seguido do subdistrito Sul, com 23,64%, do subdistrito Centro, com 17,66%, do subdistritoSudeste, com 10,52%, e do subdistrito Norte, com 6,05%. A pouca incidência de endereços condominiais do tipo “apartamento” no subdistrito Norte de Teresina advém da impossibilidade legal de construção próxima à área do aeroporto, em razão do prejuízo que traria para o tráfego de aeronaves.

O IBGE considera arranjos condominiais as copropriedades entre diferentes pessoas de um mesmo imóvel. Foram identificados como arranjos condominiais aqueles que tinham seis ou mais domicílios particulares permanentes em edificação caracterizada como “casa de vila ou em condomínio”ou “apartamento” na mesma face de quadra e, ainda, compartilhavam o mesmo logradouro, número, localidade e CEP.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Eleições nos Estados Unidos: você acha que Joe Biden tem condições de disputar a reeleição

ver resultado