INVESTIGAÇÃO

MP apura possíveis irregularidades após muro romper e água da chuva invadir condomínio em Teresina

Estacionamento do local ficou inundado; caso ocorreu no último dia 9 de janeiro na zona Leste


O Ministério Público, por meio da 24ª Promotoria de justiça de Teresina, instaurou investigação para apurar possíveis irregularidades e danos ambientais nas obras de construção de responsabilidade da Empresa Vanguarda Engenharia. A investigação foi aberta após o estacionamento do condomínio Mirante Theresina, localizado na zona Leste, ter ficado inundado após chuvas fortes no dia 09 de janeiro. 

A água da chuva inundou o estabelecimento de luxo, arrastou e danificou os veículos estacionados após parte do muro da obra da construtora ceder. Os moradores tiveram que evacuar o lugar às pressas. 

  

Forte chuva inunda estacionamento de condomínio de luxo em Teresina; vídeo
 

   

Segundo o MPPI, foram solicitados informações sobre as licenças ambientais, o projeto de Drenagem das Águas Pluviais, o Projeto de impacto da vizinhança  por meio de ofícios  expedidos à Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam), à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), à Superintende de Ações Administrativas Descentralizadas Leste (SAAD Leste), à Secretaria Municipal de Defesa Civil (Semdef) e para a empresa Vanguarda Engenharia. Também foi solicitado informações sobre as medidas administrativas adotadas. 

A 24ª Promotoria de Justiça de Teresina, especializada em na defesa do urbanismo e meio ambiente, vai apurar eventuais irregularidades e danos ambientais da obra.

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque