INMET

Piauí segue com baixa umidade e risco de ventanias, alerta Inmet

Dados foram publicados pelo Inmet


O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) publicou neste sábado (18) aviso de que o Piauí segue com baixa umidade, variando entre 30% e 20%, com grande risco tanto para a saúde de pessoas e animais, quanto de incêndios florestais, ou próximo a rede elétrica.

 

Piauí segue com baixa umidade e risco de ventanias, alerta Inmet
Internet
   

Nos primeiros seis meses de 2022, o Piauí já registrou 761 ocorrências de queimadas próximas à rede elétrica, um crescimento de 38% na média mensal de casos de interrupção de fornecimento em função das queimadas no mesmo período do ano passado. A média mensal em 2021 foi de 92 ocorrências. O levantamento foi feito pelo Centro de Operações Integradas da Equatorial 

As cidades com maior ocorrência de queimadas são: Teresina (350), Picos (34), Parnaíba (32) e Nazária (24).

O segundo semestre no Piauí apresenta alguns fatores característicos, como seca do solo e da vegetação, baixas umidades e altas temperaturas, que, juntos, acabam contribuindo para o aumento do número de focos de queimadas. 

O período do B–R–O BRÓ apresenta uma tendência de aumento no número de casos envolvendo queimadas. Quando praticada próximo à rede elétrica, o calor oriundo da queimada pode danificar cabos e postes, prejudicando o fornecimento de energia para os clientes do local. Quando a rede elétrica é atingida por uma queimada, são necessários reparos e manutenções mais complexas, o que, por consequência, demanda um tempo maior para a recomposição do sistema elétrico. 

Ventania

Além da baixa umidade, o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) publicou aleta de risco de ventania para o Piauí neste sábado (13). 

O risco é que os ventos fortes atinjam 95 municípios piauienses até as 19horas. Os ventos podem atingir 60km/h.

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião: