Setur e Corpo de Bombeiros orientam turistas sobre passeios em cachoeiras - Cidades
NO PIAUÍ

Setur e Corpo de Bombeiros orientam turistas sobre passeios em cachoeiras

De acordo com a coronel Najra Nunes, é importante ficar atento às condições climáticas


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

O Piauí é repleto de cachoeiras que enchem os olhos dos turistas, especialmente nos primeiros meses do ano, quando o espetáculo proporcionado pelas águas, no período chuvoso, deixa a paisagem ainda mais contemplativa. E para quem curte esse tipo de aventura, a Secretaria de Estado do Turismo (Setur) e o Corpo de Bombeiros reforçam a importância de seguir as normas de segurança propostas pela corporação e elenca algumas orientações para que o passeio aconteça de forma segura e divertida.

Neste mês de março, duas pessoas foram vítimas de acidentes em cachoeiras no Piauí. Elas foram identificadas como Ricardo Mendes e Vanessa Abreu. Ambos casos ocorreram no interior do estado. Segundo a coronel Najra Nunes uma das primeiras dicas é se programar, o que inclui verificar as condições climáticas no dia da visita e também nos dias anteriores ao passeio. Ela lembra que neste período de chuvas mais intensas pode acontecer o fenômeno conhecido como cabeça d’água, que é um aumento rápido e repentino do nível da água. 

  

Cachoeira do Urubu Rei – Pedro II
Thiago Amaral / Alepi
   

“Algumas vezes, o dia do seu passeio está até bonito e ensolarado, mas se choveu muito nos dias anteriores, pode ter ocorrido acúmulo de água no leito do rio e o volume excedente se deslocar e a força da água arrastar galhos, detritos, pedras, descendo de uma vez na cachoeira, podendo causar acidentes. Por isso, a recomendação de sempre ficar atento às condições climáticas”, diz a coronel, ressaltando que se estiver chovendo o passeio deve ser adiado.

Outra recomendação é fazer esses passeios sempre acompanhado. “Passeios por trilhas e cachoeiras devem ser feitos sempre acompanhados e com a orientação de um guia de turismo, que conheça a região e que tenha experiência nesse tipo de aventura”, pontua Najra.

A recomendação é reforçada por Vinícius Europeu, guia de turismo cadastrado da região de Pedro II, município reconhecido por suas belíssimas cachoeiras. “Nós conhecemos a região, temos a experiência do dia a dia com o local. Por isso, todos os turistas que recebo, reforço o pedido para terem cuidado, que sigam as orientações repassadas pelo Corpo de Bombeiros e pontuo cada uma delas. Também faço minha parte, fico atento durante todo o passeio e só o realizo se for propício para a diversão”, diz o profissional.

A coronel Najra Nunes destaca ainda como importante avisar familiares ou conhecidos sobre o passeio, porque se houver demora no retorno, poderá ser necessário acionar o Corpo de Bombeiros. Tem ainda o uso de vestimentas adequadas, o não consumo de bebidas alcoólicas, o respeito ao meio ambiente, dentre outras orientações que estão no rol de cuidados para que tudo aconteça de forma prazerosa. “Ter uma cultura preventiva vale em todas as situações, por isso é importante esses cuidados para que você possa curtir, apreciar e aproveitar o passeio e tudo o que a natureza tem de melhor, de forma prazerosa e refrescante”, diz a coronel Najra Nunes.

Plano de Sinalização Turística é prioridade da nova gestão, diz Setur

“O plano de sinalização turística do estado é uma das prioridades da atual gestão da Setur, que entende a sua importância e urgência, e que trabalhará incansavelmente pela sua execução”, diz o diretor de Turismo da pasta, Alex Albuquerque, que afirma que o processo já está sob estudo da área técnica da secretaria e em breve será aberto para licitação.

Segundo Albuquerque, a sinalização será feita em rodovias e nas cidades com potencial e atrativos turísticos ou culturais e tem como objetivo, além da identificação do local, alertar os turistas com informações e orientações sobre segurança e cuidados na visitação.

A execução, de acordo com o planejamento da Secretaria do Turismo, será por etapas e de forma anual, por polos turísticos. “Por exemplo, neste primeiro ano, será sinalizado um polo; no segundo ano, mais dois, seguindo assim até completar todos os sete polos turísticos existentes no estado. A meta é concluir todo a sinalização nestes quatro anos”, pontua Alex.

Orientações do Corpo de Bombeiros para um passeio seguro:

• Programe-se com antecedência, inclusive informe-se sobre as condições climáticas no dia do passeio e também nos dias anteriores;
• Se estiver chovendo, adie o passeio;
• Ir sempre acompanhado e com a orientação de um guia de turismo;
• Informar-se sobre o local em termos de acessibilidade e se é apropriado para crianças, gestantes, idosos;
• Use vestimentas adequadas e calçados que te deem segurança, firmeza.
• Não vá descalço ou usando rasteiras, chinelos ou calçados escorregadios;
• Prefira mochilas ou pochetes e mantenha as mãos livres.
• Jamais consumir bebidas alcoólicas;
• Avise sempre alguém sobre o passeio: dia, destino, horário;
• Respeite o meio ambiente, ou seja, recolha o seu lixo;
• Telefones de emergência em caso de demora no retorno da pessoa: 193, do corpo de bombeiros; 190, da polícia; e 192, do Samu.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado