Uespi: Sasc reinaugura Cozinha Comunitária no campus Torquato Neto - Cidades
COZINHA COMUNITÁRIA

Uespi: Sasc reinaugura Cozinha Comunitária no campus Torquato Neto

A iniciativa faz parte de um esforço para proporcionar uma melhor qualidade de vida aos estudantes da Uespi


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

A Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos, por meio da Diretoria de Segurança Alimentar e Nutricional, reinaugurou, na segunda-feira (22), a Cozinha Comunitária do Campus Torquato Neto, em Teresina. A novidade é que, a partir de agora, as refeições são preparadas e servidas no local, que antes era realizado através da distribuição de quentinhas.

O espaço para funcionamento da Cozinha Comunitária da SASC foi cedido pela universidade e a Secretaria é responsável pela manutenção, controle de pessoal, preparação e distribuição da alimentação. Segundo Janaína Mapurunga, Superintendente de Assistência Social da SASC, a parceria entre a Secretaria e a Universidade visa oferecer refeições de qualidade, com horários específicos para cada grupo e prioridade para estudantes de baixa renda. A iniciativa faz parte de um esforço para proporcionar uma melhor qualidade de vida aos estudantes da Uespi.

  

Cozinha Comunitária do Campus Torquato Neto, em Teresina
Danilo kelvin
   

“Nós queremos proporcionar uma melhor qualidade ao estudante da Uespi. A gente estava trabalhando desde a pandemia com a entrega de quentinhas, agora a refeição vai ser feita aqui mesmo na cozinha comunitária para que a gente tenha também um controle maior da qualidade, do alimento que vai ser servido. Outra coisa que foi definida é o horário. Primeiro a gente atende no horário de 11h até às 12h a comunidade externa e no horário de 12h até 13h30 os estudantes”, explicou a superintendente.

Para Natanael Soares, um dos dirigentes do Diretório dos Estudantes, a reabertura traz benefícios para a comunidade, oferecendo alimentação saudável para os estudantes e a expectativa de ampliar o atendimento.


“É muito positivo porque traz de volta para os estudantes a oportunidade de ter uma alimentação saudável. Cumprindo o objetivo de garantir que todos os estudantes tenham acesso a uma alimentação adequada e acessível. Hoje, vemos a volta desse serviço essencial que já funcionava antes da pandemia e tinha até uma previsão de aumentar a questão do atendimento para o estudante e a comunidade em geral”, comenta.

A pró-reitora de Extensão, professora Ivoneide Alencar, destaca o compromisso da Secretaria em assegurar a qualidade e a distribuição das refeições. “Foi trocada toda a modalidade das refeições, agora a Sasc sai do patamar de quentinhas e passa a servir a comida feita no local e isso, com certeza, dá mais qualidade e garante uma alimentação saudável para nossa comunidade acadêmica”, pontua.

Para o reitor da UESPI, Prof. Dr. Evandro Alberto, a cozinha garante a segurança alimentar e é uma pauta importante para o Estado.

“A alimentação será feita em um espaço servido pela Uespi. A cozinha fortalece a parceria entre a Universidade e a Secretaria, em nome da secretária Regina Souza, que tem como prioridade atender esse tipo de caso e atender a nossa comunidade. A Uespi está preocupada em manter o bem-estar dos estudantes e se alegra com essa parceria”.

Como ter acesso a cozinha

As fichas são vendidas, diariamente, por 2 reais. Podem comprar toda comunidade acadêmica em geral.

Fonte: Governo do Estado do Piauí


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado