Seduc inclui educação financeira como disciplina nas escolas estaduais piauienses - Educação
EDUCAÇÃO

Seduc inclui educação financeira como disciplina nas escolas estaduais piauienses

A disciplina tem como público-alvo os estudantes da 1ª série do Ensino Médio da rede estadual de educação


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

As orientações sobre a gestão adequada do dinheiro passam a ser uma realidade para os estudantes da rede estadual de ensino, com a implementação do projeto de Educação Financeira. A aula inaugural foi realizada, nesta terça-feira (25), no Auditório Sucesso, em Teresina.

Na solenidade, o secretário de Estado da Educação, Washington Bandeira, ressaltou como o projeto Educação Financeira Seduc será implementado como tema transversal e específico nos currículos das escolas piauienses. “O projeto visa promover uma educação integral para os nossos estudantes, com formação socioemocional e cidadã por meio dos conhecimentos sobre educação financeira. São orientações para que eles possam lidar com o dinheiro de forma saudável e fortalecer as suas aprendizagens em matemática, empreendedorismo e outras disciplinas”, lembrou o secretário.

  

Seduc inclui educação financeira como disciplina nas escolas estaduais
Divulgação
  

A aula inaugural foi mediada pelo professor de Educação Financeira, Danilo Lira, que é advogado e planejador financeiro com a certificação - Certified Financial Planner (CFP)- um diploma internacionalmente emitido pela Associação Brasileira de Planejamento Financeiro e que qualifica um profissional para exercer a função de planejador financeiro pessoal e para atuar no private banking.

A disciplina Educação Financeira está em execução tendo como público-alvo os estudantes da 1ª série do Ensino Médio da rede estadual de educação com aulas presenciais e por meio da plataforma de Mediação Tecnológica Canal Educação. 

No projeto, os alunos são orientados sobre os conceitos da educação financeira, controle de gastos, gestão do dinheiro, tornando-os capazes de trilhar um caminho para tomadas de decisões financeiras conscientes e compreender a importância da saúde financeira para os diversos aspectos de suas vidas.

A estudante da 1ª série do Ensino Médio do Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Duque de Caxias, Clara Resende, relata como a disciplina vem impactando as escolhas dos alunos. “No meu dia a dia, eu já venho implantando a educação financeira. Tenho conseguido economizar mais e ter essa visão de conseguir economizar para os meus estudos, para faculdade e para os meus planos futuros”, disse a jovem.

Os professores cadastrados na Plataforma Mais Formação, do Canal Educação, receberam capacitação para orientar os estudantes. “Eu já tive como estimular eles a apresentarem trabalhos, cada um pôde falar da sua situação pessoal. Achei muito interessante como eles lidaram com isso. Está sendo algo motivador, inovador e está fazendo com que a gente entenda melhor como lidar com as finanças, com o dinheiro de fato e como a gente vai levar isso para nossa vida”, revelou Pedro Augusto Soares, professor de Educação Financeira do Ceti Duque de Caxias.

Além das aulas com os componentes regulares, os estudantes recebem formações orientadas pelo Canal Educação, acesso a banco de questões, avaliações, palestras em cada uma das 21 Gerências Regionais de Educação, atividades extras e preparação para a Olimpíada Brasileira de Educação Financeira (OBEF).

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Eleições nos Estados Unidos: você acha que Joe Biden tem condições de disputar a reeleição

ver resultado