BRASIL

Antonia Fontenelle diz que não sabia de estupro de Klara Castanho, mas vídeos mostram o contrário

A apresentadora citou o abuso sexual sofrido pela atriz duas vezes antes do relato da jovem nas redes sociais


Antonia Fontenelle disse em um vídeo postado no último domingo (26) que não sabia da informação da gravidez de Klara Castanho foi resultado do estupro que ela sofreu no ano passado. Segundo a apresentadora, ela só teve conhecimento do fato após o relato público da atriz. Entretanto, dois vídeos anteriores ao desabafo mostram que Fontenelle sabia do crime.

  

Antonia Fontenelle diz que não sabia de estupro de Klara Castanho, mas vídeos mostram o contrário
Reprodução

   

"O que chegou até mim não foi o que você escreveu na sua carta (...). O seu relato de que sofreu uma violência veio ontem [sábado, dia 25]. Me deixe chegar em quem fez isso com você", disse a youtuber no vídeo em que oferece ajuda à Klara.

Entretanto, a apresentadora falou sobre o crime de abuso sexual em uma gravação publicada na última sexta-feira (24) em seu canal no Youtube e que ganhou repercussão no dia seguinte. "O Leo Dias procurou ela, disse que ia publicar a notícia, ela chorou, ameaçou se matar se a notícia vazasse e que isso aconteceu porque foi vítima de um estupro. A religião dela não permitia que ela abortasse, mas permite que ela pare uma criança e fale que não quer saber.

Fontenelle apagou a transmissão de seu canal, mas internautas recuperaram o trecho em questão: 

  

Essa não foi a única vez que isso aconteceu. Em entrevista ao podcast Papagaio Falante, numa gravação feita no dia 17 de junho, nove dias antes do relato de Klara, Antonia falou sobre o caso e mesmo crime sem citar o nome da atriz afirmou que sabia que "ela foi abusada e a religião dela não permitia abortar". O podcast foi ao ar no dia 23 de junho.

Assista o momento da declaração de Antonia Fontenelle:

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal R7


Dê sua opinião: