ENTREVISTA

Piauiense cria podcast que debate temáticas da comunidade LGBTQIA+; conheça!

Criado por Thales Cavalcante, podcast tem intenção de levar informação a pessoas que passam pelo processo de descoberta


A fala da cantora Jessie J, durante um show no Reino Unido, foi um dos incentivos para o estudante de Letras Português da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Thales Cavalcante, iniciar o podcast chamado “Saindo do Armário”.

Com quase um mês no ar, o podcast pretende criar uma rede de acolhimento para a comunidade LGBTQIAP+. A cada episódio uma personalidade local conta histórias pessoais sobre processos da população LGBT. 

  

Podcast "Saindo do Armário" está na sua primeira temporada
Divulgação

   

“No começo ninguém entendeu o fato de eu ter criado um podcast, mas quando entenderam a proposta, abraçaram de cara. Fico feliz em saber que muitas pessoas serão atingidas através das conversas e que através da história dos convidados, até pessoas héteros passaram a entender o quão difícil é ser lgbtqia+ em uma sociedade machista é preconceituosa”, conta Thales em entrevista ao A10+. 

O podcast já entrevistou personalidades e ativistas da causa LGBT no estado, como Nina Omilana, drag queen e cantora que falou sobre suas descobertas e sobre arte drag, sendo a primeira entrevistada do podcast. 

“Eu não tinha essas referências para saber quem eu era e quando tinha era de forma vexatória na TV. Sempre com piadas quando iam retratar alguém LGBT, gays sempre de forma caricata. Eu só fui criar coragem para falar mesmo no ensino médio. Tinha amigos que eram LGBT’s também e foi com eles que tive oportunidade de falar sobre. Mas eu sinto também que não foi uma questão para mim. Eu fui arrancada do armário”, conta no podcast

  

Nina Omilana, drag queen e cantora
Divulgação

   

Aos 33 anos, Thales Cavalcante conta que teve um processo semelhante na escola e que na sua época não tinha acesso facilitado a informação. Hoje, ele já enxerga um cenário diferente. 

“Na minha época não existia a tecnologia que tem hoje e nem a liberdade de conversação, então você passava por mudanças sozinho sem ter com quem conversar ou se espelhar. A falta de debates e informações me fez muita falta e sei que seria crucial um apoio na época da minha descoberta. Além das informações na internet, os jovens dessa geração precisam ouvir relatos e se fortalecer através de uma rede de apoio. A ideia é levar representatividade as pessoas que estão passando por esse processo e informação as pessoas fora da comunidade, para que entendam o quanto é difícil o processo ”, aborda.

 

Thales Cavalcante, criador do podcast
Divulgação

 

Buscando levar também temáticas mais delicadas, Thales relata que também teve recusa de entrevistados para participar do podcast.

“Cada dia mais as pessoas têm se sentido livres e a vontade pra ser quem são. Algumas não aceitam o convite pra a entrevista justamente pela questão da família ou trabalho, mas a grande maioria tem vontade de se expressar e contar sua história ao mundo”, finaliza.

Sobre

O podcast “Saindo do Armário” é publicado todas as segundas-feiras, no formato de entrevista, e será produzido por temporadas.

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião: