Após dois adiamentos, julgamento de Thiago Mayson é marcado para o dia 29 de setembro - Geral
JULGAMENTO

Após dois adiamentos, julgamento de Thiago Mayson é marcado para o dia 29 de setembro

Ele é acusado de matar a estudante de jornalismo Janaína Bezerra


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

O julgamento de Thiago Mayson, acusado de estuprar e matar a estudante de jornalismo, Janaína Bezerra, foi remarcado para o dia 29 de setembro. A informação foi confirmada ao A10+, nesta sexta-feira (08), pelo Tribunal de Justiça do Piauí. O julgamento, que já deveria ter acontecido, foi adiado duas vezes.

A última audiência estava marcada para o dia 01 de setembro, mas o advogado de defesa de Thiago, Ércio Quaresma, o mesmo que representou o ex-goleiro Bruno, não compareceu. Em nota divulgada à imprensa, o Tribunal de Justiça do Piauí informou que o julgamento foi adiado "em razão da renúncia das advogadas de defesa, e substabelecimento a outro causídico, que pleiteou adiamento, em virtude de participação em outra audiência de denunciado preso". 

No dia 17 de agosto, a primeira sessão tinha sido marcada, mas foi adiada por falta de quórum. A Universidade Federal do Piauí (UFPI) deixou de notificar 12 jurados que compunham o Júri e faziam parte do corpo de funcionários da instituição. 

 

Thiago Mayson é acusado de estuprar e matar Janaína Bezerra
Reprodução

 

Família pede justiça 

Socorro Silva, mãe de Janaína Bezerra, revelou em entrevista à TV Antena 10 a tristeza sofrida por mais uma vez se deparar com o adiamento do julgamento de  Thiago Mayson, acusado de estuprar e matar a estudante de Jornalismo, em janeiro deste ano.

"Parece que estamos vivendo tudo de novo. Não vai trazer minha filha de volta, mas vamos ter paz em nossos corações. A gente vive atribulado, não dorme, não come, fica na expectativa, e quando chega o dia não temos resposta", descreveu dona Socorro.

Relembre o caso

Janaína Bezerra, de apenas 22 anos, foi assassinada em uma sala da UFPI, após calourada ocorrida entre a noite de sexta-feira, 27 de janeiro, e a madrugada de sábado, dia 28. Thiago foi preso horas depois e teve a prisão preventiva decretada pela justiça no domingo, dia 29.

Em depoimento à polícia, ele contou que já conhecia a vítima e teriam “ficado” em outras ocasiões. Ele relatou que estavam em uma “calourada” na UFPI e que por volta das 2h convidou a jovem para seguirem a um corredor e em seguida se dirigiram a uma das salas de aula onde praticaram sexo consensual e que após a prática sexual a vítima teria ficado desacordada por duas ocasiões, sendo a última por volta das 4h.  

  

Janaína Bezerra foi estuprada e morta após calourada dentro da UFPI
Reprodução

   

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

APÓS DESISTÊNCIA DE JOE BIDEN, VOCÊ ACREDITA QUE KAMALA TEM CHANCES DE DERROTAR TRUMP NOS EUA

ver resultado