PARTO

Em Teresina, adolescente dá à luz dentro de fusca em estacionamento de maternidade; assista

Ao A10+, enfermeiro que atendeu a paciente fala sobre o caso e diz que a criança e mãe estão bem


Uma adolescente de 16 anos deu à luz dentro de um fusca no estacionamento da Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER), em Teresina. Ao A10+, Antônio Martins, um dos profissionais que atendeu a paciente, contou que ela chegou à unidade em estado avançado de trabalho de parto. O caso ocorreu na quarta-feira (14).

O enfermeiro Antônio relatou que estava chegando para seu plantão quando foi chamado pelo porteiro para verificar a situação e viu que a adolescente já estava praticamente parindo o bebê dentro do carro. A criança é do sexo feminino. Ela e a mãe estão bem.

  

Em Teresina, adolescente dá à luz dentro de fusca em estacionamento de maternidade
Reprodução

  

"Ao assumir o plantão, na urgência obstétrica da MDER, fui acionado pelo porteiro de plantão que havia uma paciente em carro próprio, trazida por familiar, sentindo dores de parto. Corri para avaliá-la ainda no carro, na porta desta urgência, ao suspender o lençol que a cobria, percebi que ela estava em trabalho de parto "ativo" e em período expulsivo (quando se exterioriza a cabecinha do bebê)", contou.

O enfermeiro explicou ainda que como a adolescente estava com muitas contrações, não deu tempo transferi-la para uma maca ou cadeira de rodas, para que o atendimento fosse feito no consultório médico dentro da urgência da maternidade. Na sequência, uma equipe da MDER se mobilizou para fazer o parto.

"O parto precipitado ocorreu ali mesmo no fusca vermelho, sob assistência dos enfermeiros obstetras e médica do plantão, respeitando os protocolos da urgência obstétrica (contato pele a pele mãe-bebe, clampeamento oportuno do cordão umbilical e uso de ocitocina intramuscular, prevenindo assim, possível hemorragia pós parto) e protegendo a paciente de sua exposição", disse.

Antônio Martins pontuou ainda que no momento do parto estavam vários estudantes de enfermagem, profissionais de várias categorias, a enfermeira obstetra Ivana Lira e a médica obstetra Drª Dayse. Ele acrescentou que a equipe seguiu o protocolo da Evangelina para o parto natural, que ocorreu sem problemas.

Assista ao vídeo abaixo:

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião: