“Cenas de terror”, diz professor sobre acidente com ônibus escolar que deixou aluna morta no Piauí - Geral
JOSÉ DE FREITAS

“Cenas de terror”, diz professor sobre acidente com ônibus escolar que deixou aluna morta no Piauí

Francisco Alves ajudou no atendimento e transferência de alguns dos alunos ao Hospital Nossa Senhora do Livramento


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

O professor Francisco Alves, supervisor de ensino da Secretaria Municipal de Educação de José de Freitas, foi um dos profissionais que estiveram no povoado Tinguis, na zona rural da cidade, após o acidente com um ônibus escolar que deixou diversos estudantes feridos e uma adolescente morta, nesta quinta-feira (14). Ele ajudou no atendimento e transferência de alguns dos alunos ao Hospital Nossa Senhora do Livramento.


Em entrevista ao A10+, o professor disse que assim que foi informado do incidente, assinou todo o corpo da Secretaria de Educação da cidade e se deslocou ao local. Segundo ele, o momento era de pânico, choro e muito desespero. Para ele, é um momento muito difícil de se descrever. 

  

"Cenas de terror", diz professor sobre acidente com ônibus escolar que deixou aluna morta no Piauí
Imagens obtidas pelo A10+

   

A estudante Erika Pereira da Costa, de 14 anos, morreu após ser socorrida. No veículo estavam 30 pessoas estudantes, sendo 29 alunos e 1 monitor, que ficaram feridos. Os alunos têm em média 10 a 13 anos de idade e eram da Escola Municipal José Amado De Oliveira.

“Imediatamente acionamos todo o corpo da secretaria de educação, guarda municipal, Samu e eu me direcionei para lá. Muitos pais, curiosos estavam no local e um momento de pânico, muita tristeza. Já encontrei uma van no caminho, que já vinha trazendo muitos alunos feridos, inclusive a Erika, que veio a óbito. Ao chegar lá encontrei ainda uma situação muito crítica. Muitos alunos no chão, cena de terror, horrível. Espalhados pelo chão, chorando, pedindo socorro, gritavam, os pais com as mão na cabeça, chorando. Momento muito difícil de se descrever”, disse. 

  

Aluna morre após ônibus escolar tombar na zona rural de José de Freitas, no Piauí
Reprodução

   

O A10+ apurou que a estrada, que dá acesso a outras cidades circunvizinhas, está em reforma. Populares relataram para a Polícia Militar que isso pode ter sido uma das motivações do incidente, além de uma possível imprudência do motorista. No entanto, o caso deve ser investigado. Francisco Alves também ouviu relatos no local e até das vítimas que socorreu, que o veículo estaria ‘correndo muito’. 

O professor disse que o corpo de ensino do município está em luto e lamentou o acidente.

“A estrada é muito ruim, mas esses dias estava tendo uma reforma e aparentemente ela está bem planada e podemos dizer que é boa. Acredito que, com informações dos pais e dos alunos - eu também trouxe no meu carro para o hospital - muitos deles diziam que o ônibus vinha correndo muito. Aparentemente ele perdeu o controle na estrada e o ônibus rodou, virou ao contrário. Infelizmente aconteceu. Nossas crianças estão em pânico, nós que fazemos a educação do município de José de Freitas estamos de luto por esta jovem. É lamentável. De já a gente deseja nossos pêsames aos pais da Erika”, desabafou. 

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) informou que, ao tomar conhecimento do acidente, enviou 6 ambulâncias do SAMU Estadual para ajudar no atendimento e na transferência de pacientes para Teresina, além do reforço disponibilizado pelo SAMU de Teresina e do próprio município de José de Freitas.

 

Ônibus escolar tomba na zona rural de José de Freitas
 

   

Prefeitura lamenta acidente

A Prefeitura Municipal de José de Freitas lamentou o acidente e informou que toda a equipe da Prefeitura está voltada para dar suporte às vítimas e às famílias, com a transferência dos feridos que estão no Hospital Nossa Senhora do Livramento para o HUT, em Teresina.

De acordo com a gestão, o ônibus era novo e o motorista contratado por meio de teste seletivo. “Nesse momento, a prioridade é cuidar dos feridos e das famílias atingidas. A Prefeitura garante ainda que vai tomar todas as providências para garantir a apuração criteriosa dos fatos”, diz o comunicado.


*Com colaboração do jornalista Damião Soares

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre o projeto aprovado pela Câmara que equipara aborto a homicídio

ver resultado