Operação Petróleo Real interdita postos de combustíveis irregulares no interior do Piauí - Geral
FISCALIZAÇÃO

Operação Petróleo Real interdita postos de combustíveis irregulares no interior do Piauí

Bombas medidoras em mau estado e divergências entre o volume entregue e o preço a pagar, foram alguns dos problemas identificados na ação


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Nove postos de combustíveis foram interditados e outros 22 foram reprovados por irregularidades durante a 17° fase da Operação Petróleo Real, realizada em 26 municípios na região de São Raimundo Nonato, região Sul do Piauí, entre os dias 16 e 20 de outubro. O resultado desta ação foi divulgado nesta terça-feira (24) pelo Instituto de Metrologia do Estado do Piauí (IMEPI).

A diretora-geral do IMEPI, Patrícia Leal, relata que a ação fiscalizou 86 estabelecimentos em todo o estado. “Os nove postos interditados cometeram medidas baixas contra o consumidor. Ou seja, a quantidade de combustível colocada no veículo não correspondia ao valor pago pelo cliente, que fica no prejuízo por conta desta situação”, disse. 

  
Nove postos sao interditados na 17° fase da Operação Petróleo Real no interior do Piauí Agência Brasil
 
 
 

Dentre as principais irregularidades apuradas pela operação, destacam-se: bombas medidoras em mau estado de conservação, mangueiras com vazamento, divergências entre o volume entregue e o preço a pagar, vazamento interno na bomba, dígitos danificados, medida de volume com visor opaco, fiação exposta, dentre outros.

  
Operação Petróleo Real foi realizada no interior do Piauí Ascom IMEPI
 
 
 

A Operação Petróleo Real foi realizada nos municípios de São Raimundo Nonato, Bonfim do Piauí, Várzea Branca, Fartura do Piauí, São João do Piauí, Brejo do Piauí, Tamboril do Piauí, Canto do Buriti, Caracol, Jurema, Guaribas, Anísio de Abreu, São Braz do Piauí, Campo Alegre do Fidalgo, Lagoa do Barro do Piauí, Capitão Gervásio Oliveira, Dom Inocêncio, Pajeú do Piauí, Dirceu Arcoverde, São Lourenço do Piauí, Coronel José Dias, João Costa, Pedro Laurentino e Nova Santa Rita.

O Imepi atuou, nesta ação, em parceria com o Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON/MPPI).

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado