Vídeo mostra reencontro de mãe com filha mantida em cárcere privado por 15 anos no Piauí - Geral
ASSISTA!

Vídeo mostra reencontro de mãe com filha mantida em cárcere privado por 15 anos no Piauí

A jovem, segundo a polícia, não saía de casa e era proibida de frequentar a escola


📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Nesta terça-feira (23), a dona de casa, Maria do Socorro reencontrou sua filha que ficou em cárcere privado por 15 anos na casa da empresária Danielly Medeiros, prima de 2º grau da vítima. O caso foi denunciado em 1ª mão pela TV Antena 10 e A10+

  

Vídeo mostra reencontro de mãe com filha mantida em cárcere privado por 15 anos no Piauí
Reprodução

   

A jovem, segundo a polícia, não saía de casa e era proibida de frequentar a escola. A acusada de cometer tortura e maus-tratos contra a jovem foi levada para delegacia e ficará à disposição da justiça. A vítima era constantemente agredida fisicamente e psicologicamente na casa da mulher no bairro Ilhotas, zona Sul da capital. 

A suspeita dos crimes é a fisioterapeuta Danielly Medeiros. Ela concorreu ao cargo de vereadora nas eleições de 2020, mas teve a candidatura indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI); o motivo foi ausência de requisito de registro. Ela é natural de Chapadinha, no Maranhão.

Em entrevista ao Balanço Geral Piauí, da TV Antena 10, o delegado Odilo Sena relatou que a menina vivia com os pais e recebeu um convite de uma prima para passar a Semana Santa no interior do Maranhão. Lá ela foi sequestrada pela mulher e levada para Teresina. Os pais da vítima são de baixa renda e possuem poucas instruções. A acusada, que é prima de 2º grau da jovem, trouxe a mulher para capital e, posteriormente, passou esconder informações sobre o paradeiro da moça. 

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião:

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Em destaque

Enquete

Qual sua opinião sobre a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro

ver resultado