CASO NICOLAU TERCEIRO

Socorro Waquim lamenta morte de sobrinho em Timon: "Confiamos na justiça"

Nicolau Terceiro foi executado a tiros na madrugada desta sexta-feira (18) em sua residência


A deputada estadual e ex-prefeita de Timon, professora Socorro Waquim lamentou a morte do sobrinho, o empresário Nicolau Jorge Elias Terceiro Waquim, em postagem nas redes sociais. Ele foi morto a tiros na madrugada desta sexta-feira (18) em sua residência no bairro Parque São Francisco, em Timon, Maranhão. A vítima foi executada com pelo menos nove tiros.

Waquim declarou que a família confia na justiça dos homens e na de Deus. “Neste momento de dor profunda, não conseguimos externar palavras, mas venho agradecer a todas as manifestações de solidariedade com a nossa família. Confiamos na Justiça dos homens por meio das ações das instituições e na Justiça Divina. A misericórdia do Senhor opere sobre nós”, escreveu.

  

Socorro Waquim lamenta morte de sobrinho em Timon: "Confiamos na justiça"
Reprodução

  

Ao A10+, o 11º Batalhão da Polícia Militar de Timon informou que a vítima estava na cozinha de casa quando foi alvejada a tiros. O crime ocorreu por volta das 0h20. Não houve sinais de arrombamento na residência.

Em entrevista à TV Antena 10, o vereador Ulysses Waquim, primo do empresário, lamentou o caso e pediu justiça. A família suspeita de execução, tendo em vista que os autores não levaram nada da casa.

"A família tá enlutada, foi uma situação triste, trágica, era um primo querido, jovem cheio de sonhos e infelizmente é uma a situação que ninguém quer passar né? Um jovem, uma mãe que vai enterrar, a gente ainda não sabe a motivação, a gente só sabe que foram muitos tiros disparados, provavelmente a familiar acha que foi uma execução mandada né? A gente acredita na elucidação do crime, até pra que haja justiça e quem realmente mandou fazer isso e as motivações que pague", declarou.

A polícia tentou, mas não encontrou câmeras de segurança na região para ajudar na identificação dos autores da execução. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios de Timon.


Matérias relacionadas:

📲 Siga o A10+ no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Portal A10+


Dê sua opinião: